Vaidade não tem sexo: Cirurgias plásticas em homens crescem 10% ao ano

Antigamente as mulheres eram as únicas pessoas a procurarem cirurgias plásticas, pela razão da estética. Mas com o passar dos anos o preconceito foi sendo derrubado e homens começaram a se preocupar com seu estereótipo, o padrão de beleza no mundo aumentou e com isso a exigência de ser belo. Para isso, o sexo masculino começou a frequentar mais os cirurgiões plásticos, a procura da perfeição.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a cirurgia plástica no sexo masculino cresce 10% ao ano, uma das principais causas é a exigência da parceira em relação a estética que o homem apresenta.

“Esses números demonstram que o tabu que os homens tinham em fazer uma cirurgia plástica está caindo com o passar dos anos. A procura pelo procedimento não faz mais parte apenas do fator saúde, mas também pela beleza, por isso, acredito que daqui há alguns anos, homens e mulheres se igualem em números pela procura de cirurgias plásticas relacionadas à estética, já que recebo, cada vez mais, pacientes do sexo masculino em meu consultório”, afirma o cirurgião plástico, Dr. Evando Lucena.

Dentre diversas cirurgias plásticas mais procuradas entre o público masculino, as que mais se destacam são: Facelift (atenua sinais de envelhecimento do rosto e do pescoço), Toxina Botulínica (botox), Preenchimento de ácido hialurônico ou de gordura, Tratamento a Laser (amenizar manchas na face), Implante Capilar, Otoplastia (redução das orelhas), Blefaroplastia (retirada de excesso de pele nas pálpebras), Rinoplastia (plástica no nariz), Mentoplastia (remodelação do queixo e contorno do rosto com próteses de silicone), Ginecomastia e Lipoaspiração.

Para saber mais sobre o Dr. Evando Lucena acesse: http://cirurgiaplasticadrlucena.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.