Uma técnica feminina milenar e sagrada começa a ser usada com sucesso dentro da fisioterapia.

dra_roberta

O pompoarismo técnica milenar utilizada na musculatura vaginal , vem sendo usada com frequência pelas fisioterapeutas ginecológicas como mais uma abordagem lúdica no tratamento das disfunções sexuais e incontinências urinárias, ela é uma excelente ferramenta tanto para os casos de fraqueza muscular, falta de consciência corporal, hiposensibilidade local, quanto para os casos de tensão muscular da MAP.

A origem da técnica é milenar cujo o hábito se originou pelas Antigas Sacerdotisas bem antes de Cristo, mas que foi redescoberta, aperfeiçoada e nomeada como pompoarismo (pp) na India através do Tantra. O Pompoarismo então consiste na contração e no relaxamento da musculatura circunvaginal (musculatura em torno  da vagina -MAP), buscando como resultado o prazer sexual próprio e do parceiro, no entanto dentro das praticas e da filosofia do pompoarismo a mulher aprende a observar o sexo de forma mais saudável e natural o que contribui muito para sua melhora.

A filosofia do Pompoarismo nos aponta que até mesmo nos casos de incontinência urinária é preciso nos atentarmos aos possíveis bloqueios psicológicos relacionados ao sexo que podem estar acarretando piora no seu quadro, sendo uma ótima pedida o trabalho do psicólogo associado ao do fisioterapeuta nestes casos.

O ideal seria mesmo que todas as instrutoras de Pompoarismo fosse fisioterapeutas ou ao menos que fossem instruídas por fisioterapeutas, já que algumas disfunções da MAP são ocasionadas por tensões musculares, hipersensibilidade e falta de consciência corporal, sendo necessário nesses casos não o fortalecimento de imediato mas as técnicas de consciência corporal, massagem perineal, alongamentos e relaxamento muscular, para depois iniciar com os típicos fortalecimentos do pompoarismo.

Normalmente o Pompoarismo é orientado por instrutoras de forma protocolada para todas as alunas sem uma devida avaliação, o que tende a agravar determinados quadros de disfunções sexuais, nas quais nem mesmo a mulher em si tem consciência. Por tanto o ideal é estar avaliando as alunas mesmo que seja de forma verbal para adaptar um protocolo da técnica mais personalizado.

Quando o fisioterapeuta adapta a técnica do pompoarismo para cada mulher o resultado é muito mais rápido e satisfatório, melhorando a qualidade de vida sexual e a queixa inicial da paciente.

1 comentário em “Uma técnica feminina milenar e sagrada começa a ser usada com sucesso dentro da fisioterapia.”

  1. jorge luiz boyd

    vejo que nos como profissionais fisioterapeuta que somos estamos cada vez mais atuando e auxiliando cada vez mais na area da saude.parabens a todos nos fisioterapeutas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.