Tratamento da cólica menstrual através da Fisioterapia

A cólica menstrual, também conhecida comodismenorréia, é um grande problema atualmente. Este distúrbio é caracterizado por dores intensas no baixo ventre, podendo até mesmo ser irradiada para a parte interna das coxas, provocada por contrações intensas do útero no dia imediatamente anterior ao início da menstruação ou nos primeiros dias do ciclo menstrual.

Ela ocorre em 50% a 70% das mulheres em diferentes graus de intensidade, sendo que em 8% a 18% o desconforto menstrual é de tal intensidade que as impedem de exercer as atividades habituais. Constitui um fator de desconforto e desequilíbrio psicossomático e é responsável pela ausência da mulher ao trabalho, estudo e a outras atividades.

O tratamento geralmente é baseado em medicamentos, incluindo analgésicos, antiespasmódicos e anticoncepcionais. Infelizmente, geralmente esta forma de tratamento é cara e, muitas vezes, sem resultado ou com resultados insatisfatórios.

A Fisioterapia é outra possibilidade de tratamento, ainda pouco conhecida pela maioria das pessoas, mas bastante estudada e bastante eficaz!

RECURSOS FISIOTERÁPICOS:

Uma delas é a massagem do tecido conjuntivo. O tratamento com massagem do tecido conjuntivo por um período de aproximadamente três meses, com apenas duas sessões por semana, alivia o problema durante o tratamento e esse alívio ainda persiste após o término do tratamento. Já houve alguns estudos, em que os resultados foram satisfatórios.

Alguns profissionais também defendem amassoterapia em membros inferiores para melhorar o retorno venoso e lombar para aliviar a lombalgia, associado a cinesioterapia ativa para fortalecimento da musculatura abdominal e lombar.

Um outro recurso para o alívio da dor é a eletroterapia. A principal modalidade utilizada é aTENS (Transcutaneous Electrical Nerve Stimulation), um tipo de corrente elétrica indolor e bastante efetiva.

A cinesioterapia, ou seja, os exercícios podem melhorar a coordenação muscular, alongar delicadamente os músculos e promover o relaxamento destas estruturas. Além disso, os exercícios promovem naturalmente uma sensação de bem-estar que sempre ajuda a aliviar qualquer tipo de dor.

Os exercícios utilizados para o tratamento da cólica menstrual (dismenorréia) na fisioterapia são todos aqueles que podem envolver a região pélvica, utilizando os movimentos de inclinação pélvica anterior e posterior, as rotações para frente e para trás e as inclinações laterais (pelve elevada e deprimida).

Esses exercícios podem ser realizados de inúmeras formas, tais como: decúbito dorsal (deitada), agachada, em posição ortostática (em pé), podendo utilizar materiais de auxílio, como as bolas suíças. Há também uma atenção aos alongamentos e a respiração.

Poucas mulheres procuram o fisioterapeuta para tratar da cólica menstrual, por ser recente na área ginecológica. O caminho mais procurado para o desconforto ainda é o uso de medicações. Porém, a fisioterapia é uma alternativa de tratamento em que não se utiliza substâncias químicas, e sim técnicas manuais, eletro e cinesioterápicas, em que o resultado não é momentâneo.

1 comentário em “Tratamento da cólica menstrual através da Fisioterapia”

  1. Todos os estudos de revisão feitos com TENS tem colocado seus resultados comparando ele ao placebo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.