Themistocles quer obrigatoriedade de fisioterapeuta em centro de tratamento

Continua após anúncios...

O fisioterapeuta é uma categoria reconhecida e disciplinada através do Conselho Federal

O presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho (PMDB), apresentou Indicativo de Projeto de Lei º 25, de 21 de setembro, em caráter permanente nos Centros de Terapia Intensiva (CTIS) na rede pública estadual conforme prevê a Constituição Federal de 1988 para que cada 10 leitos nos Centros de Tratamento do Estado deverão contar com a presença de um profissional fisioterapeuta nos hospitais e clínicas nos horários da manhã, tarde e a noite, durante 24 horas.

Dessa forma os profissionais deverão ficar disponíveis em tempo integral para atendimento dos pacientes internados nos CTIS.

A saúde, segundo o deputado é um direito fundamental do cidadão. A avaliação clínica e de mecânica respiratória estática e dinâmica, se faz necessário nesses casos. O fisioterapeuta é uma categoria reconhecida e disciplinada através do Conselho Federal de Fisioterapia.

O artigo 4º do Indicativo define que o fisioterapeuta deverá ter as seguintes especialidades: especialista em fisioterapia respiratória, especialidade em terapia intensiva adulta e pediátrica ou especialidade em fisioterapia cardiovascular. A lei estabelece que a partir de dois anos torna-se obrigatório o profissional ter esses títulos para o exercício da função.

A medida visa capacitar o profissional para a prevenção de complicações clínicas a exemplo da pneumonia, lesões traumáticas das vias aéreas.

Fonte: Alepi

Continua após anúncios...

Publicado Por: Bruna Veloso

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.