Sua postura influencia diretamente no resultado final da sua lipoaspiração

É muito comum os pacientes submetidos a uma cirurgia plástica, especialmente lipoaspiração, se queixarem de um lado ficar maior que o outro, alegando que o cirurgião retirou mais gordura de uma região que a outra. Geralmente a queixa é sobre a região das costas e flancos, no qual a cintura de um lado não ficou bem marcada que a outra. De fato, se um lado tiver mais gordura que o outro, isso poderá ser perceptível. Porém, nem sempre é a causa real do problema, o de “ficar torta”, como muitas exclamam.

Foto 1

Pois bem… o que muitos não sabem é que a postura que adotamos influencia diretamente no resultado da cirurgia plástica. A foto 1 mostra um exemplo claro. Perceba que a primeira postura projetou o abdômen pra frente, formando uma “barriguinha”. Muitas já possuem esta postura antes de operar e só percebem após o procedimento.

Foto 2

Outro fato é que a maioria de nós possuímos algum grau de alteração postural oriundo de uma escoliose. A escoliose é um desvio lateral anormal da coluna, podendo causar assimetria e dor. Dependendo do grau, causa assimetria e até deformidade. A foto 2 é um exemplo de uma escoliose toracolombar. Numa visão estética simplista, a seta indica que o lado convexo da curvatura tende a reduzir a curva da cintura, em contrapartida, o lado oposto (côncavo da curvatura) tende a aumentar a curva da cintura, dando a falsa impressão que possui mais gordura de um lado do que o outro.

Procure sempre um fisioterapeuta dermatofuncional especializado em pós operatório de cirurgias plásticas.
Pós operatório não é estética, é REABILITAÇÃO!

Um abraço
Dra. Glória Lourenço – CREFITO 2/ 180728-F
Fisioterapeuta pós-graduada em Fisioterapia Dermatofuncional.
Membro Especialista da Associação Brasileira de Fisioterapia Dermatofuncional – ABRAFIDEF.
Título de Especialista em Fisioterapia Dermatofuncional – ABRAFIDEF e COFFITO.
Colunista da Revista Eletrônica NovaFisio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.