Stand up paddle com yoga é a nova mania para relaxar corpo e mente

Fonte: http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2015/01/stand-paddle-com-yoga-e-nova-mania-para-relaxar-corpo-e-mente.htmlyogaplay

Em Manaus a moda do verão é o stand up paddle com yoga. Yoga flutuante no Rio Negro. Em uma paisagem de tirar o folêgo, vem a mistura de meditação com exercício.

Entre quatro paredes a fisioterapeuta ensina a postura correta. Mas pelo menos uma vez por semana, Lana troca o trabalho com o pilates por aulas ao ar livre. De cenário, o Rio Negro, em Manaus.

Concentrar faz parte. Remo e Prancha para a modalidade que vem ganhando adeptos. “Eu costumo dizer que a Amazônia é o Havaí para a prática do stand up paddle”, comenta o instrutor Pablo Casado.

Ou SUP, como também é conhecido esse esporte. Mas para Lana e outros praticantes não é só remar em pé em cima de uma prancha. O desafio é maior.

Fazer yoga na prancha não é tão simples. É claro, precisa de muito esforço, muito equilíbrio. Na aula, por exemplo, são praticados alguns dos movimentos mais básicos. Mas para quem tem um pouco mais de experiência, dá até para abusar e arriscar a fazer posições mais complexas.

“Ativa todos os sistemas do corpo, musculares, articulares, o circulatório, sistema respiratório, digestivo. É o conjunto completo que é trabalhado”, explica a instrutora de yoga Fabiane Sales.

O sup yoga virou mania em Manaus. Ao mesmo tempo que traz paz, bagunça com a rotina.
“Sair de dentro de consultório, de clínica, de academia e vir praticar esse esporte com esse cenário, muda tudo”, elogia a fisioterapeuta Lana Passos.

A analista de sistema Carol Picanço desestressa fazendo piruetas no meio do rio, como ela mesma trata as posições da yoga. “Tem momentos muito tensos e também eu estou fazendo mestrado, aí complicou tudo aí eu aproveitei pra ir pro yoga pra tentar meditar, respirar corretamente, aprender a respiração e tentar ficar mais feliz”, brinca.

O banho no Rio Negro ajuda no relaxamento. É a sintonia do corpo, mente, alma com a Amazônia. Equilíbrio total com a natureza.

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.