Seguindo com a Fisioterapia, Schumacher pode voltar a ter vida normal ’em breve’, diz ex-chefe da Ferrari

Fonte: http://www.msn.com/

Ainda em recuperação do acidente de esqui que sofreu no início do ano, o ex-piloto Michael Schumacher pode “voltar a ter uma vida relativamente normal em breve”, segundo Jean Todt, ex-chefão da Ferrari e um dos grandes parceiros do alemão na Fórmula 1.

Todt visitou Schumacher na mansão onde o heptacampeão do mundo vive, na Suíça. Ele segue tratamento em casa, após ter sido liberado do hospital de Grenoble, na França, há cerca de dois meses, por sair do coma.

“Podemos dizer que Schumacher está no curso para ter uma vida relativamente normal de novo em breve. Provavelmente ele nunca mais dirigirá um Fórmula 1 de novo, mas ele está brigando”, comentou o francês, segundo o jornal inglês Mirror.

“Sua condição só melhora, e o mais importante é que ele está em casa, cercado por seus familiares”, completou Todt, hoje presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo).

As notícias são animadoras, já que pouco é divulgado sobre o estado de saúde de Schumacher desde o acidente, ocorrido em uma estação de esqui nos Alpes Franceses, na virada do ano. Na ocasião, ele esquiava fora da pista com seu filho e bateu a cabeça em uma pedra, ficando em coma no hospital.

“Nos últimos meses, ele tem tido progresso em relação à severidade de sua lesão, mas ainda tem um longo e doloroso caminho pela frente. Esperamos que as coisas sigam melhorando. Ele precisa de tempo e de paz”, afirmou Todt.

Em sua mansão, Schumacher é tratado por um time de 15 pessoas, entre médicos, enfermeiros e fisioterapetuas, de uma clínica médica de Lausanne, na Suíça.

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.