Refletindo a fisioterapia. O que você tem feito na fisioterapia?

A fisioterapia é considerada ainda uma profissão relativamente nova, temos pouco mais de 50 anos de existência no Brasil. Neste curto espaço de tempo, já obtivemos várias conquistas, algumas subjetivas, como o respeito dos profissionais de saúde e valorização do trabalho do fisioterapeuta.

Outras conquistas objetivas, como a carga horária de trabalho de 30h e bem recentemente a inclusão da fisioterapia no Simples Nacional, um sistema de tributação que facilita e reduz a carga tributária sobre as clínicas de fisioterapia, o que poderá acarretar brevemente o aumento de clínicas e de oportunidades de emprego.

Apesar dessas conquistas, muitos fisioterapeutas ainda vivem situações dramáticas e reclamam constantemente de seus salários. Embora concorde com várias reclamações, ultimamente comecei a ter uma posição mais crítica e questionar até onde a culpa é do sistema. Passei a perceber que o maior culpado da situação da fisioterapia são os próprios fisioterapeutas.

Pergunto… Quantos artigos científicos atuais e de grande impacto você ler por mês? Ou por semana? Quantos eventos científicos organizados por associações de respeito você participa por ano? Como você mede o resultado de seus trabalhos, suas avaliações tem dados objetivos de testes funcionais que possam defender sua atuação e provar sua eficiência?

Pois é, estas são apenas algumas perguntas sem respostas que justificam a posição atual da fisioterapia. Ainda transitamos entre ciência e opiniões de especialistas. Quando o que há comprovado na ciência é renegado pelo “na minha prática é diferente” estamos ainda distante da respeitabilidade e respaldo científico para nossa atuação.

Quando nos falta humildade em encaminhar um paciente que não consigamos resolver seu caso ou não pertence a nossa especialidade para outro profissional mais competente naquela área de atuação, mostramos a distância quilométrica que mantemos da ética profissional para com nossos colegas e pacientes.

Acredito que enquanto não estivermos totalmente baseado em evidencias científicas nossa atuação e enquanto formos anti éticos ainda teremos um longo caminho a percorrer em busca de uma realidade melhor para fisioterapia com salários mais compatíveis. Então, antes de criticarmos o mundo, temos que olhar para dentro de nós e como estamos dando rumo de nossa carreira.

Deixo abaixo algumas frases motivadoras de grandes pensadores e vencedores mundiais para você refletir:

Quando você deseja o sucesso do mesmo modo que deseja respirar, então você será bem sucedido. – Eric Thomas;

Muitas pessoas falham na vida não porque miram muito alto e acabam errando, mas porque elas miram muito baixo e acertam. – Les Brown;

Sucesso não é decisivo, fracasso não é fatal: é a coragem para continuar que conta. – Winston Churchil;

Se você tem um sonho, não fique apenas sentado. Reúna coragem para acreditar que pode ter sucesso e não deixe pedra sobre pedra até torná-lo realidade. – Roopleen;

A vida não tem limitações, exceto as que você impõe. – Les Brown.

Dr. Valmor Arêde Córdova Júnior

E-mail: valmor_cordova@yahoo.com.br

Especialista em fisioterapia cardiorrespiratória e em fisioterapia na urgência e emergência.

Consultor de gestão, empreendedorismo e marketing em fisioterapia.

Portal FisioIdeia (www.fisioideia.com.br)

soluções inovadoras e criativas para

fisioterapeutas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.