Prova de titulos de especialidades

OBS:
As Especialidades serão ofertadas em conformidade com o Acórdão COFFITO 275 de 19/01/12.

1.1 Especialidades da
Fisioterapia

1.1.1 Fisioterapia em Acupuntura/MTC;

1.1.2 Fisioterapia em Osteopatia;

1.1.3 Fisioterapia em Quiropraxia;

1.1.4 Fisioterapia em Respiratória;

1.1.5 Fisioterapia na Saúde da Mulher;

1.1.6 Fisioterapia em Terapia Intensiva;

1.1.7 Fisioterapia Esportiva;

1.1.8 Fisioterapia Dermatofuncional;

1.1.9 Fisioterapia do Trabalho;

1.1.10 Fisioterapia Neurofuncional;

1.1.11 Fisioterapia Oncológica;

1.1.12 Fisioterapia Traumato-Ortopédica.

1.2 Especialidades da Terapia Ocupacional

1.2.1 Terapia Ocupacional em Acupuntura/MTC;

1.2.2 Terapia Ocupacional nos Contextos Sociais;

1.2.3 Terapia Ocupacional em Saúde da Família;

1.2.4 Terapia Ocupacional em Saúde Mental.

2. Taxa de inscrição

Os primeiros cinco mil profissionais a se inscreverem terão 60% (sessenta por
cento) de desconto no valor da taxa – que será divulgada na publicação do
edital. O desconto engloba as inscrições na totalidade das áreas de
especialidades.

3. Requisitos mínimos
exigidos

O candidato deverá ser fisioterapeuta ou terapeuta ocupacional inscrito com o
registro ativo por, no mínimo, 24 meses em Conselho Regional de Fisioterapia e
Terapia Ocupacional, contados até a data de realização das provas, e estar em
pleno gozo dos seus direitos.

4. Conteúdo
Programático

4.1 Legislação comum a
todas as especialidades da Fisioterapia
(clique aqui)

4.1.1 Resolução Coffito nº 10/1978

4.1.2 Resolução Coffito nº 381/2010

4.1.3 Resolução Coffito nº 377/2010

4.1.4 Resolução Coffito nº 387/2011

4.1.5 Referencial Nacional de Honorários Fisioterapêuticos

4.1.6 Lei nº 8.080/1990

4.2 Conteúdo
específico a cada especialidade da Fisioterapia
(clique aqui)

4.2.1 Fisioterapia em
Acupuntura/MTC:
O domínio do especialista em Acupuntura inclui
aprofundamento em estudos específicos e atuação em situações que envolvam: I –
O conhecimento, estudo e avaliação dos distúrbios cinéticos e funcionais e
sistemas do corpo humano, amparado pelos mecanismos próprios, sistematizados
pelos estudos da Física, Biologia, Fisiologia, das ciências morfológicas,
bioquímicas, biomecânicas, biofísicas, da cinesiologia funcional, e da
patologia de órgãos e sistemas do corpo humano. Utilizando-se dos conhecimentos
filosóficos milenares da Medicina Tradicional Chinesa como a dualidade do
yin/yang, os cinco elementos (movimentos), etiopatogenia e fisiopatologia dos
órgãos e vísceras (Zang/Fu), com bases filosóficas e científicas da Acupuntura.
II – Resolução Coffito 393/2011.

4.2.2 Fisioterapia
Dermatofuncional:
I – Anatomia geral dos órgãos e sistemas e em
especial dos sistemas tegumentar, cardiorespiratório, circulatório, linfático,
metabólico e endócrino; II – Biomecânica;III – Fisiologia humana geral; IV –
Fisiopatologia aplicada aos sistemas tegumentar, cardiorespiratório, digestório,
circulatório, linfático, metabólico e endócrino; V – Biologia e histologia dos
sistemas tegumentar, cardiorespiratório, digestório, circulatório, linfático,
metabólico e endócrino; VI – Semiologia dos sistemas tegumentar,
cardiorespiratório, digestório, circulatório, linfático, metabólico e
endócrino; Endocrinologia e suas correlações com os sistemas tegumentar,
cardiorespiratório, digestório, circulatório e linfático; VIII – Instrumentos
de medida e avaliação da Dermatofuncional; IX – Farmacologia aplicada a
Dermatofuncional; X – Cosmetologia; XI – Técnicas e recursos tecnológicos; XII
– Próteses, Órteses e Tecnologia Assistiva; XIII – Humanização, XIV – Ética e
Bioética, XV – Resolução Coffito nº 394/2011 .

4.2.3 Fisioterapia
Esportiva:
I – Anatomia geral dos órgãos e sistemas e em
especial do sistema musculoesquelético; Biomecânica no esporte; Fisiologia
geral e do exercício; Fisiopatologia das lesões esportivas;Semiologia; Fatores
predisponentes, extrínsecos e intrínsecos, relacionados com as diversas
modalidades esportivas; Noções básicas quanto às regras, equipamentos, entre
outras, referentes às diversas modalidades esportivas; Instrumentos de medida e
avaliação do desempenho atlético e paratlético esportivo e condições funcionais
do aparelho locomotor;Treinamento esportivo e recondicionamento
físico-funcional; Atividade física no contexto da saúde e do lazer; Exercício
físico e condicionamento físico; Esporte competitivo adaptado profissional e
amador; Relação do esporte e da atividade física no contexto da saúde coletiva
e da prevenção de lesões; Farmacologia aplicada; Próteses, Órteses e Tecnologia
Assistiva específicos da Fisioterapia Esportiva; Humanização; Ética e Bioética.
II – Resolução Coffito nº 395/2011.

4.2.4 Fisioterapia em
Terapia Intensiva:
I – Anatomia geral dos órgãos e sistemas e
em especial do sistema cardiorrespiratório; II – Biomecânica; III – Fisiologia
geral e do exercício; IV – Fisiopatologia; V – Semiologia; VI – Instrumentos de
medida e avaliação relacionados ao paciente crítico ou potencialmente
crítico;VII – Estimulação precoce do paciente crítico ou potencialmente
crítico; VIII – Suporte básico de vida; IX – Aspectos gerais e tecnológicos da
Terapia Intensiva; X – Identificação e manejo de situações complexas e
críticas; XI – Farmacologia aplicada; XII – Monitorização aplicada ao paciente
crítico ou potencialmente crítico; XIII – Interpretação de exames
complementares e específicos do paciente crítico ou potencialmente crítico; XIV
– Suporte ventilatório invasivo ou não invasivo; XV – Técnicas e recursos de
expansão pulmonar e remoção de secreção; XVI – Treinamento muscular
respiratório e recondicionamento físico funcional; XVII – Próteses, Órteses e
Tecnologia Assistiva específicos da terapia intensiva; XVIII – Humanização; XIX
– Ética e Bioética; XX – Resolução Coffito nº 402/2011

4.2.5 Fisioterapia em
Osteopatia:
I -Anatomia geral dos órgãos e sistemas e em
especial do sistema músculo esquelético; Biomecânica; Fisiologia geral;
Fisiopatologia das doenças musculoesqueléticas; Semiologia; Farmacologia
aplicada; Próteses, órteses e Tecnologia Assistiva; Técnicas de Trust de baixa
amplitude e alta velocidade para todas as articulações corporais; Técnicas de
energia muscular em suas diversas variações para todos os músculos do corpo;
Técnicas de pompagem fascial; Técnicas de Jones (Técnicas de liberação pelo
posicionamento); Técnicas de mobilização articular; Técnica de inibição
muscular; Técnicas funcionais; Técnicas neuromusculares; Técnicas de regulação
do sistema nervoso autônomo; Técnicas viscerais (coração, pulmão, rins,
estômago, fígado, baço, pâncreas, hemodinâmicas, útero, ovário, próstata, intestinos);
Técnicas cranianas (suturais, membranosas, bombeamento de líquido, entre
outras); Humanização; Ética e Bioética. II – Resolução Coffito nº 398/2011

4.2.6 Fisioterapia
Neurofuncional:
I – Anatomia geral dos órgãos e sistemas e em
especial do sistema nervoso central periférico e autônomo, II – Biomecânica,
III – Fisiologia geral, IV-Fisiopatologia das doenças neurológicas, V –
Semiologia do sistema nervoso, VI – Instrumentos de medida e avaliação
neurológicos, VII – Farmacologia aplicada, VIII – Próteses, órteses e
Tecnologia Assistiva; IX – Humanização, X – Ética e bioética; XI – Resolução Coffito nº 396/2011 .

4.2.7 Fisioterapia
Oncológica:
I – Anatomia geral; Biomecânica; Fisiologia geral e
do exercício; Fisiopatologia; Semiologia; Instrumentos de medida e avaliação
relacionados ao paciente oncológico; Suporte básico de vida; Farmacologia
aplicada; Interpretação de exames complementares e específicos do paciente
oncológico; Técnicas e recursos para manutenção e recuperação da integridade de
todos os órgãos e sistemas; Próteses, Órteses e Tecnologia Assistiva
específicos da Oncologia; Humanização, Ética e Bioética. II – Resolução Coffito nº 397/2011.

4.2.8 Fisioterapia em
Quiropraxia:
I – Anatomia geral dos órgãos e sistemas e em
especial do sistema musculoesquelético; Biomecânica; Fisiologia geral;
Fisiopatologia das doenças musculoesqueléticas; Semiologia; Farmacologia
aplicada; Próteses, órteses e Tecnologia Assistiva; Técnicas de Trust de baixa
amplitude e alta velocidade para todas as articulações corporais; Técnicas de
energia muscular em suas diversas variações para todos os músculos do corpo;
Técnicas de pompagem fascial; Técnicas de Jones (Técnicas de liberação pelo
posicionamento);Técnicas de mobilização articular; Técnicas funcionais;
Humanização; Ética e Bioética. II – Resolução Coffito nº 399/2011.

4.2.9 Fisioterapia na
Saúde da Mulher:
I – Anatomia geral dos órgãos e sistemas e em
especial dos sistemas linfático, endócrino, da mama e do sistema reprodutor
feminino; II – Biomecânica; III- Fisiologia geral; IV – Fisiopatologia das
doenças da mama, ginecológicas, urológicas, coloproctológicas, oncológicas,
dermatológicas e neurológicas, de disfunções sexuais; V – Semiologia; VI –
Instrumentos de medida e avaliação da saúde da mulher; VII – Farmacologia
aplicada; VIII – Próteses, Órteses e Tecnologia Assistiva; IX – Humanização; X
– Ética e Bioética; XI – Resolução Coffito nº 401/2011.

4.2.10 Fisioterapia
Respiratória:
I- Anatomia geral dos órgãos e sistemas e em
especial do sistema cardiorrespiratório; II – Biomecânica; III – Fisiologia
cardiorrespiratória e do exercício; IV – Fisiopatologia cardiorrespiratória; V
– Semiologia cardiorrespiratória; VI – Instrumentos de medida e avaliação
cardiorrespiratória; VII – Farmacologia aplicada; VIII – Suporte ventilatório
invasivo e não invasivo; IX – Técnicas e recursos de expansão pulmonar e
remoção de secreção; X – Treinamento muscular respiratório e recondicionamento
físico funcional; XI – Suporte básico de vida; XII – Próteses, Órteses e
Tecnologia Assistiva; XIII – Humanização; XIV – Ética e Bioética. XV – Resolução Coffito nº 400/2011.

4.2.11 Fisioterapia
Traumato-Ortopédica:
I – Anatomia geral dos órgãos e sistemas e
em especial do sistema da muscoloesquelético; Biomecânica; Fisiologia geral e
do exercício; Fisiopatologia das doenças osteo mio articulares; Física
aplicada; Semiologia; Cinemática; Ergonomia; Instrumentos de medida e
avaliação; Farmacologia aplicada; Técnicas e recursos tecnológicos;
Recondicionamento físico funcional; Próteses, órteses e Tecnologia Assistiva;
Humanização; Ética e bioética; II – Resolução Coffito nº 404/2011.

4.2.12 Fisioterapia do
Trabalho:
I – Anatomia geral dos órgãos e sistemas; II –
Ergonomia; III – Doenças Ocupacionais ou Relacionadas ao Trabalho; IV –
Biomecânica Ocupacional; V – Fisiologia do Trabalho; VI – Saúde do Trabalhador;
VII – Legislação em Saúde e Segurança do Trabalho; VIII – Legislação
Trabalhista; IX – Sistemas de Gestão em Saúde e Segurança do Trabalho; X –
Organização da Produção e do Trabalho; XI – Aspectos Psicossociais e Cognitivos
Relacionados ao Trabalho; XII – Estudo de Métodos e Tempos; XIII – Higiene
Ocupacional; XIV – Ginastica Laboral; XV – Recursos Terapêuticos Manuais; XVI –
Órteses, próteses e tecnologia assistiva; XVII – Acessibilidade e Inclusão; XVIII
– Administração e Marketing em Fisioterapia do Trabalho; XIX – Humanização; XX
– Ética e Bioética; XXI – Resolução Coffito nº 403/2011.

4.3 Legislação comum a
todas as especialidades da Terapia Ocupacional
(clique aqui)

4.3.1 Resolução Coffito nº 10/1978

4.3.2 Resolução Coffito nº 378/2010

4.3.3 Resolução Coffito nº 382/2010

4.3.4 Referencial Nacional de Honorários de Terapia Ocupacional

4.3.5 Lei nº 8.080/1990

4.4 Especialidades de
Terapia Ocupacional
(clique aqui)

4.4.1 Terapia
Ocupacional em Acupuntura / MTC:
I – Conhecimento, estudo e
avaliação dos distúrbios e sistemas do corpo humano, amparado pelos mecanismos
próprios, sistematizados pelos estudos da Física, Biologia, Fisiologia, das
ciências morfológicas, bioquímicas, biomecânicas, biofísicas, da cinesiologia,
e da patologia de órgãos e sistemas do corpo humano, utilizando-se dos conhecimentos
filosóficos milenares da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), como a dualidade
do yin/yang, os cinco elementos (movimentos), etiopatogenia e fisiopatologia
dos Órgãos e Vísceras (Zang/Fu), com bases filosóficas e científicas da
Acupuntura. II – Resolução Coffito nº 405/2011.

4.4.2 Terapia
Ocupacional em Saúde da Família:
I – Ciências Biológicas e da
Saúde: função e disfunção dos tecidos, órgãos, sistemas e aparelhos,
epidemiologia, bioética e processo saúde doença; II – Ciências Sociais e
Humanas: estudo dos seres humanos e de suas relações sociais, do processo
saúde/doença nas suas múltiplas determinações contemplando a integração dos
aspectos psicossociais, culturais, filosóficos e antropológicos; III –
Conteúdos específicos da terapia ocupacional relacionados à política de saúde
da família; IV – Princípios epistêmicos da Saúde Pública e Saúde Coletiva, a
partir da territorialização, do trabalho em equipe multiprofissional com ações
interdisciplinares e intersetoriais, compreensão de hábitos, de costumes, de
tradições, da diversidade, de modos de realização da vida cotidiana, de
atividades da vida diária e instrumentais de vida diária, de trabalho, de
lazer, de saberes e conhecimentos, de participação comunitária, de história da
vida ocupacional, comunicacional e expressiva de pessoas e coletivos; V –
Próteses, Órteses e Tecnologia Assistiva; VI – Ciências Sociais e Políticas
relacionadas à saúde. VII – Resolução Coffito nº 407/2011.

4.4.3 Terapia
Ocupacional em Saúde Mental:
I – Fundamentos da terapia
ocupacional em saúde mental; II – Fundamentos da Ciência Ocupacional; III – Modelos
da terapia ocupacional aplicados a saúde mental; IV – Políticas publicas de
saúde mental; V – Processo saúde/doença mental nas suas múltiplas
determinações: o trabalho, as relações, o ambiente natural, o ambiente
transformado, os valores sociais, o ócio, a recreação, entre outros; VI –
Desenvolvimento ontogênico dos componentes psicomotores, psicoafetivos,
psicossociais, percepto-cognitivos e sensoperceptivos; VII – Estilo de vida e
saúde mental; VIII – Analise da atividade e da ocupação humana aplicada a saúde
mental;IX – Avaliação de tecnologias em saúde mental;X – Epidemiologia –
determinantes da alteração das condições de saúde mental; XI – Saúde coletiva;
XII – Bioética. XIII – Resolução Coffito nº 408/2011.

4.4.4 Terapia
Ocupacional nos Contextos Sociais:
I – – Fundamentos em Terapia
Ocupacional nos contextos sociais, antropologia, sociologia, ciências sociais,
artes, assistência social, psicologia social, educação, políticas públicas no
campo social e cultural, economia cultural, ecologia, meio ambiente, produção
cultural, direitos humanos e cidadania, trabalho cultural, saberes
tradicionais, desenvolvimento social e tecnologias de comunicação e informação;
II – Desenvolvimento da capacidade de atuar enquanto agente facilitador,
transformador e integrador junto às comunidades e agrupamentos sociais por meio
de atitudes permeadas pela noção de complementaridade e inclusão; conhecimento
das forças sociais do ambiente, dos movimentos da sociedade e seu impacto sobre
os indivíduos; III – Conhecimento da influência das diferentes dinâmicas culturais
nos processos de inclusão, exclusão e estigmatização; conhecimento e análise da
estrutura conjuntural da sociedade brasileira em relação ao perfil de produção
e da ocupação dos diferentes indivíduos que a compõem; IV – Conhecimento
histórico e atual da formulação das políticas sociais (de saúde, educação,
trabalho, promoção social, infância e adolescência) e a inserção do terapeuta
ocupacional nesse processo. V – Resolução Coffito nº 406/2011.

4.5 Referencial
Bibliográfico:
será divulgado no edital de abertura.

8 comentários em “Prova de titulos de especialidades”

  1. viviane ferreira

    Por favor, gostaria de saber como conseguir as provas anteriores de prova de titulo de terapia intensiva e de respiratória.

    att

  2. Boa noite, gostaria de saber como conseguir as provas anteriores de prova de titulo de Dermato Funcinal?

  3. Breno Morgan Santos

    Gostaria de saber como consigo as provas anteriores da prova de título de Fisioterapia esportiva?
    Obrigado

      1. Olá Pessoal, além deste canal a revista tem uma sala de bate-papo exclusiva para fisioterapeutas trocarem informações seja por texto, seja por voz, além de arquivos, artigos e muito mais. Se você também precisar fazer uma reunião com sua equipe, temos salas apara até 99 pessoas simultâneas inteiramente grátis. Conheça nossa plataforma em: bit.ly/fisio-discord

  4. Gostaria de saber como conseguir as provas de especialista de título,Dermatofuncional, pois o único ano que conseguir foi 2016.

    1. Olá Pessoal, além deste canal a revista tem uma sala de bate-papo exclusiva para fisioterapeutas trocarem informações seja por texto, seja por voz, além de arquivos, artigos e muito mais. Se você também precisar fazer uma reunião com sua equipe, temos salas apara até 99 pessoas simultâneas inteiramente grátis. Conheça nossa plataforma em: bit.ly/fisio-discord

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.