Programa – Melhor em Casa

 

O atendimento será feito por equipes multidisciplinares, formadas prioritariamente por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e fisioterapeuta. Outros profissionais (fonoaudiólogo, nutricionista, odontólogo, psicólogo e farmacêutico) poderão compor as equipes de apoio. Cada equipe poderá atender, em média, 60 pacientes, simultaneamente.

O programa também ajudará a reduzir as filas nos hospitais de emergência, já que a assistência, quando houver a indicação médica, passará a ser feita na própria residência do paciente, desde que haja o consentimento da família.

http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/?portal=pagina.visualizarArea&codArea=364

3 comentários em “Programa – Melhor em Casa”

  1. Um investimento muito importante na área da saúde pública. A questão da saúde em nosso país é muito delicada, necessita urgentimente de investimentos e projetos que contribuam com a redução das filas e a falta de assistência médica em relação à população carente.
    Parabéns pela iniciativa do programa!!!

  2. Angela Santos

    É necessário atendimento domiciliar em fisioterapia, pois os pacientes portadores de deficiência motora que não se locomovem se encontram sem esse tratamento(.Caso de um paciente da cap 3.3.( RJ)

    1. Olá Pessoal, além deste canal a revista tem uma sala de bate-papo exclusiva para fisioterapeutas trocarem informações seja por texto, seja por voz, além de arquivos, artigos e muito mais. Se você também precisar fazer uma reunião com sua equipe, temos salas apara até 99 pessoas simultâneas inteiramente grátis. Conheça nossa plataforma em: bit.ly/fisio-discord

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.