PREVENÇÃO DE LESÕES NO ESPORTE: MAIS SAÚDE E MELHOR DESEMPENHO

Fisioterapeuta, chegou o Fisio.app | Aplicativo para fisioterapeutas. Baixe agora mesmo em www.fisio.app,

Dr. Saulo Delfino Barboza (SP)

Professor do Programa de Mestrado Profissional em Saúde e Educação da Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP) e fisioterapeuta especialista em Fisioterapia Esportiva pela Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física (SONAFE).

PALESTRANTE CONFIRMADO

Contextualização: Manter-se fisicamente ativo resulta em vários benefícios para a saúde, além de reduzir o risco das chamadas doenças crônicas não transmissíveis, como, por exemplo, doenças cardiovasculares, câncer e diabetes (1). O esporte tem um papel importantíssimo na promoção e manutenção de um estilo de vida fisicamente ativo da sociedade. Entretanto, apesar dos inúmeros benefícios para a saúde, o esporte inclui um risco inerente de lesões corporais. Tais lesões são consideradas barreiras para a prática esportiva por impactarem negativamente a saúde e atrapalharem o desempenho esportivo. Felizmente, é possível prevenir lesões no esporte (2).

Desenvolvimento: A prática esportiva, seja recreacional ou de elite, individual ou coletiva, envolve um risco inerente de lesões corporais. Este risco não deve ser negligenciado porque estas lesões afetam negativamente a saúde e o desempenho esportivo, além de gerar custos monetários significativos para os sistemas de saúde públicos e privados. Existem modelos amplamente utilizados para prevenir lesões no esporte. Um destes modelos é conhecido como “sequência de prevenção de lesões no esporte” (2). O primeiro passo deste modelo é quantificar o problema, ou seja, mensurar a ocorrência e a severidade das lesões. O segundo passo é compreender a causalidade das mesmas. O terceiro passo é introduzir medidas preventivas que, intervindo nos fatores causais, poderiam reduzir a ocorrência e a severidade das lesões. O quarto e último passo do modelo é avaliar a efetividade das medidas preventivas introduzidas, que pode ser realizado com o monitoramento contínuo das lesões, ou seja, reproduzindo o primeiro passo (Figura 1).

Figura 1 – Sequência de prevenção de lesões no esporte. Adaptado de van Mechelen et al. (2)

Considerações finais: O esporte é considerado um importante aliado da saúde pública por facilitar a promoção e manutenção de o estilo de vida fisicamente ativo na sociedade. O paradoxo é que as práticas esportivas envolvem um risco inerente de lesões corporais. Estas lesões prejudicam a saúde e o desempenho dos esportistas e geram custos econômicos para os sistemas de saúde. O fisioterapeuta pode usufruir do conhecimento científico para prevenir lesões decorrentes do esporte no seu contexto profissional.

Leitura complementar:
1. World Health Organization. Physical activity [Internet]. [citado 23 de maio de 2020]. Disponível em: https://www.who.int/health-topics/physical-activity

2. van Mechelen W, Hlobil H, Kemper HC. Incidence, severity, aetiology and prevention of sports injuries. A review of concepts. Sports Med. 1992;14(2):82-99. doi:10.2165/00007256-199214020-00002.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.