Pessoas com Psoas

Fisioterapeuta, chegou o Fisio.app | Aplicativo para fisioterapeutas. Baixe agora mesmo em www.fisio.app,

Todo fisioterapeuta tem um músculo predileto, pelo menos eu tenho, o meu é o iliopsoas ( aqui irei chamar carinhosamente de Psoas). Na verdade ele é o famoso 3 em 1. Formado pelo ilíaco e pelo psoas menor e o seu irmão psoas maior. O ilíaco possui sua origem na superfície interna do ílio. Já o psoas maior e menor podem ser localizados como origem nos processos transversos e vétebras de L1-L5, até nos lados dos corpos da última vértebra torácica e na base do sacro. Já a inserção do ilíaco e psoas maior no trocanter menor do fêmur e diáfise, o psoas menor na linha pectínea e eminencia iliopectíena.

Bom vamos concordar, só essa pequena apresentação já demonstra complexidade e a formosura dessa musculatura. A sua ação e seus segredos então, é para se apaixonar de vez. Ele flete o quadril, faz uma rotação lateral de fêmur ( sem rotação interna??????? )e rotação transversa da pelve contralateralmente quando o fêmur do mesmo lado está estabilizado. Olha a mágica da cinesiologia nesse 3 em 1. Mas o psoas não seria um músculo fácil assim, por isso a sua palpação é difícil, por ser profundo e posicionado contra a parede abdominal posterior. Porém é possível, existe a técnica, eu particularmente acho que palpar o tendão distal é mais fácil.

Agora entra o dilema e a paixão. Gostaria de falar de um estudo eletromiográfico de 38 anos atrás, realizado em fevereiro de 1982, nos Annales de kinésithérapi, na Edição Masson, que contradizem um pouco o que foi já apresentado acima. Como? Sim, ae que mora o segredo.

E vou revelar para vocês: O iliopsoas é um herói e protetor da lombar. Com seu formato em leque, e sua origem demonstram que serve como fixação ampla, que garante uma proteção quando existe uma força na sua inserção. Vamos elucidar melhor, a primeira ação dele junto com o reto abdominal, seria a cifose lombar, isso ocorre para que durante sua ação de flexão de quadril, essa cinética aumentaria sua eficácia, utilizando os retos abdominais que buscam a anteroversão pelvica, já o psoas menor causa a retroversão pélvica. Mas quem pararia a rotação do iliopsoas? Então entraria o grande dorsal contralateral, ou como gosto de chamar o latíssimo dorso, que vai impedir que exista uma lesão lombar por uma rotação extrema.

Porém esse músculo também é lordosante. Sim, e ele não para por ae. Quando de pé a pessoa com seu psoas irá ter uma força atuando na lombar para baixo e para frente, ou seja, uma bela lordose. Mas o grande embate existe hoje na questão de ele ser um rotador externo ou interno, na verdade ele é ambos. Vamos aos fatos: Philipe Souchard, o pai, avô, tio e neto do RPG, trouxe pela primeira vez que o iliopsoas é um músculo rotador interno. E ele estava certíssimo. O próprio Léopold Busquet endossa essa questão. Basicamente tudo tem a ver com a inserção, no ínicio do movimento o tendão tras para traz a cabeça do femur e roda internamente a diáfise. Porém com o aumento da angulação de flexo do quadril, o tendão não puxa mais para trás a cabeça do fêmur, com esse novo posicionamento o iliopsoas se torna um rotador externo.

Pessoas com Psoas, ou Psoas nas Pessoas, como não se apaixonar pelos “los três amigos”, ou como melhor ainda “trois amis”, pois se não fossem os franceses acho que o Psoas não seria tão interessante assim.

Dr. Fernando Padilha

Joelho e suas facetas
foto ilustrativa da coluna aconteceu na clínica – joelho e suas facetas

1 comentário em “Pessoas com Psoas”

  1. Fantástico seu artigo Dr. Fernando Padilha. Vou ler sempre a sua coluna, muito bom. Você poderia gravar podcasts de seus artigos, vai ser um sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.