Perdi alguns pacientes quando souberam que eu também era coveiro

Revela fisioterapeuta paraibano ao participar do programa de Luciano Huck. O fisioterapeuta e coveiro é natural da cidade de Sapé na Paraíba.

O paraibano Sérgio Ferreira participou do quadro “Quem quer ser um milionário”, do Caldeirão do Huck. O fisioterapeuta e coveiro é natural da cidade de Sapé na Paraíba. 

Na sua participação que foi ar neste sábado (03), Sérgio revelou ao apresentador Luciano Huck que perdeu muitos pacientes quando estes descobriram que ele além de fisioterapeuta também exerce a função de coveiro. Sérgio também contou que os sepultamentos aumentaram durante a Covid-19.

“Já perdi alguns pacientes quando souberam que eu era coveiro. Alguns coveiros estavam cobrindo a face para não aparecerem porque estavam sofrendo preconceito nessa pandemia”, desabafou. 

Segundo apurado pelo ClickPB, Sérgio ao prestar concurso para coveiro, sua própria mãe se revoltou pelo trabalho escolhido, porém depois aceitou. 

“Minha mãe disse: ‘Pelo amor de Deus! Você é tão sábio’. Na hora da inscrição teve essa revolta dela, mas depois ela aceitou e falou que era um trabalho digno”, revelou. 

Com R$ 15 mil, o paraibano continua na disputa para fazer seu tão sonhado consultório de fisioterapia em casa e poder trabalhar somente com isso. No próximo sábado (10), ele volta para tentar chegar ao prêmio de R$ 1 milhão. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.