O que fazer diante da crise do COVID-19?

Estamos vivendo a maior crise dos últimos tempos, um caos se instalou na área da saúde e na área econômica e quase todos os setores e o Brasil vão enfrentar, a partir de agora, uma queda gigantesca da economia.

Já se dizia que em “tempos de crise é que surgem as grandes oportunidades” e aí você pode estar se perguntando: como assim? Como poderei sobreviver se estou impedido de atender meus pacientes? Bem, tirando os casos de atendimentos hospitalares que continuam, os atendimentos de consultórios caíram drasticamente, e as despesas continuam as mesmas, não é?

A hora agora é de colocar a massa cinzenta para funcionar, colocar a mão na massa e se reinventar e isso não quer dizer que você vai precisar sair da sua área de trabalho e fazer outra coisa, não. Isso quer dizer que você neste momento precisa encontrar saídas para ter fôlego até tudo voltar como antes.

Primeiro, você precisa ter auto-controle, é preciso ter uma dose mais de equilíbrio emocional para vencer a crise. Entenda que tudo vai passar e que somente os resilientes vão continuar.

Segundo, quem vai sobreviver mais facilmente é quem tiver dinheiro em caixa. Não importa se você é profissional liberal ou tem uma clínica. Tanto um como o outro tem um negócio e ter dinheiro em caixa vai fazer seu negócio não cair ladeira abaixo. Então, se você tem um controle financeiro bacana e tem dinheiro em caixa para bancar despesas da sua empresa e pessoais, agora é hora de utilizar para se manter, diminuir custos e mudar o estilo de vida. E caso você não tem esse dinheiro em caixa, não se desespere, sempre há uma saída.

Terceiro, vale para quem tem o caixa abastecido e para quem não tem, essa dica é de ouro: negocie com seus fornecedores, com o dono do imóvel pedindo um mês de carência, com credores, enfim, negocie com todos os quais seu negócio depende para sobreviver. Não demita funcionários por enquanto. Tente negociar primeiro com fornecedores. Seu negócio vai voltar e você vai precisar das pessoas para fazer a roda girar novamente. Não resista em negociar, pois todos eles também de você para o negócio deles não morrer.

Quarto e último, você precisa se reinventar neste momento de crise. O que seu paciente poderia receber de você à distância? Como você pode usar as redes sociais para manter seu negócio e sua imagem vivos? Que tipo de material você pode enviar para seu paciente? Quais as instruções ele pode receber de você neste período? Como você pode surpreender seus pacientes durante a crise do Corona Vírus? E o melhor e mais importante, já que você está com um tempo maior sobrando, que tal pensar, refletir, em você enquanto profissional da saúde, o quanto tem se destacado na sua área? Ou será que você está apenas fazendo mais do mesmo? Quais são suas metas para daqui 1 ano, 5 anos, 10 anos? Acredito que quando somos obrigados a parar é hora de refletir sobre tudo, nossas atitudes, quem somos e para onde estamos indo. Boa sorte!

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.