O que é diástase abdominal e o que pode ser feito para corrigir

A primeira-dama Michelle Bolsonaro submeteu-se no início deste ano a procedimentos cirúrgicos estéticos. Atendida pelo cirurgião plástico Régis de Souza Ramos Júnior, a mulher do presidente trocou próteses de silicone, que tinha há mais de 10 anos, corrigiu uma hérnia umbilical e uma diástase abdominal.

A diástase abdominal é uma condição comum depois da gravidez e consiste no afastamento dos músculos da região do abdômen e do tecido conjuntivo da região. O afastamento pode chegar a 10 cm de distância e, além de incômodos estéticos, como a flacidez na região da barriga, a diástase também pode causar dor lombar.

O tratamento para corrigi-la pode ser feito com exercícios, fisioterapia ou, em último caso, cirurgia, principalmente quando o afastamento é maior que 5 cm e os exercícios não foram eficazes para corrigir a situação.

Como acabar com a diástase pós-parto
As opções de tratamento para resolver a situação de diástase abdominal são:

1. Exercícios de Pilates Clínico
Os exercícios são de grande ajuda no tratamento, mas devem ser realizados com supervisão do fisioterapeuta ou personal trainer porque, quando mal executados, eles podem causar um aumento na pressão intra-abdominal, e aumentar a separação, piorando a diástase ou, ainda, levarem ao surgimento de uma hérnia.

Estes exercícios são os mais indicados porque contraem os músculos do corpo, fortalecendo-os, sem que haja pressão excessiva.

2. Fisioterapia
Na fisioterapia, são utilizados equipamentos específicos para a contração dos músculos. O aparelho indicado pode ser usado entre 15 a 20 minutos e é muito eficiente no fortalecimento dos músculos da região.

3. Cirurgia
A cirurgia é o último recurso para correção da diástase, mas é muito simples e consiste apenas em costurar os músculos. Apesar da cirurgia ser realizada somente com este intuito, o médico também pode sugerir uma lipoaspiração ou abdominoplastia para remover a gordura em excesso da área.

Complicações da diástase
A principal complicação da diástase abdominal é o surgimento da dor nas costas na região lombar. Essa dor ocorre porque os músculos abdominais atuam como uma cinta natural que protege a coluna ao andar, sentar e fazer exercícios.

Quando estes músculos estão muito fraco, a coluna fica sobrecarregada e há um maior risco de se desenvolver hérnia de disco, por exemplo. Por isso, é importante realizar o tratamento, promovendo a união e o fortalecimento das fibras abdominais.

Fonte: https://www.metropoles.com/
(Com informações do portal Tua Saúde)


Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

3 comentários em “O que é diástase abdominal e o que pode ser feito para corrigir”

    1. Olá Judite, além deste canal a revista tem uma sala de bate-papo exclusiva para fisioterapeutas trocarem informações seja por texto, seja por voz, além de arquivos, artigos e muito mais. Se você também precisar fazer uma reunião com sua equipe, temos salas apara até 99 pessoas simultâneas inteiramente grátis. Conheça nossa plataforma em: bit.ly/fisio-discord

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.