O papo com essa turma foi sobre sexo com pessoas com deficiência

Apesar de ser o curso de pedagogia, acho importante demais falar sobre isso, pois, ainda hoje, muitas pessoas acham que, pessoas com deficiência não transam, não sentem desejo sexual, ledo engano.

Foi importante também por que foi para uma turma que, futuramente, estarão ensinando e, claro, além da consciência de saber como acontece, poder passar paras as pessoas, o que aprenderam e, quem sabe, esse mito deixe de existir e as pessoas passam a ver essas pessoas de forma diferente.

Claro, ainda é um grande tabu falar de sexo, e, de sexo com pessoas com deficiência então imagina. As pessoas são curiosas para saber como é e, se funciona ou não, ac aba ficando até engraçado e vira uma diversão com aprendizado.

Seria interessante, as universidades, levar o tema adiante, e quem sabe, mudar a opinião das pessoas de mitos criado.

Muito show!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.