O FIT – BALL

Nos últimos anos o aumento de lesões ao nível do sistema de locomoção devido a posições incorretas com a conseqüente más distribuição de cargas é vertiginoso. A nossa sociedade caracterizada pela mobilidade dos homens conduziu-os paradoxalmente à imobilidade física. O mal de coluna e, em particular, a lombalgia atinge pelo menos uma vez na vida 80 a 90% das pessoas adultas. O homem é mais atingido por este tipo de problema do que a mulher, na sua faixa etária mais produtivo (entre os 35 e os 55 anos).  O número de pessoas sedentárias por necessidade ou por divertimento, aumenta de dia para dia.  Muitas vezes esta posição é imposta pelo tipo de trabalho que se realiza. A exigência de estar sentado, na escola ou no escritório, em posição monótona e antifisiológica, provoca sobrecargas estruturais e musculares, que somadas e repetidas, originam desordens e disfunções do aparelho locomotor e conduzem a uma das doenças mais “populares” e difundidas: o mal de coluna a posição de sentado já faz parte da nossa vida quotidiana de fato é inconcebível não encontrar cadeiras um pouco por todo o lado, mas porque poderíamos a final de contas sentarmo-nos no chão acocorarmo-nos ou instalarmo-nos a nosso próprio gosto imitando os nossos antepassados ou uma grande parte dos habitantes do terceiro mundo poderemos no entanto evitar muitas dores de coluna e das articulações com um comportamento consciente a nossa forma de andar e os nossos movimentos não são apenas a síntese das características hereditárias mas antes o resultado de uma aprendizagem de muitos anos o nosso esqueleto e tudo o que nos suporta contribuem para aligeirar o nosso corpo e sobretudo o seu peso Pela influencia da força da atração terrestre o nosso comportamento é também uma forma de expressão a posição do nosso corpo pode refletir bom humor interesse ou abatimento cansaço stress e irritação tem influência no estado de tensão do sistema locomotor calçado inadequado e solas duras são sinônimo de . mau tratamento e sobrecarga das articulações Uma posição monótona e não variada impede a nutrição dos nossos tecidos.  Os nossos discos intervertebrais sofrem com uma posição passiva de sentado, conduzindo a uma perda de treino do nosso sistema muscular de suporte.  O comportamento é um processo dinâmico.

Os nossos tecidos vivem para e através da acção nós somos de facto um produto dos nossos exercícios das nossas actividades diárias infelizmente  grande parte das populações das nossas cidades não consegue quotidianamente e naturalmente a sua dose de acção necessária. É então indispensável que a falta de movimento seja compensada com uma atividade motora especifica de prevenção, em primeiro lugar, depois de manutenção, e, onde isto não tenha sido possível, com a reabilitação.  Entre as múltiplas ofertas que o amplo setor da atividade motora propõe com frenética evolução, nos últimos anos, constatou-se uma verdadeira redescoberta de interesse pela evolução técnica da “grande bola”: a FITBALL.

Mais conhecida desde há alguns anos como swiss ball body-ball ou gymnic ball a bola nasce na suíça como instrumento de importância significativa na reabilitação nos centros hospitalares de basiléia e Zurique onde a professora vogelbach inicia a sua primeira terapia com crianças com problemas neurológicos atualmente este instrumento é de ampla utilização nos centros de reabilitação e é referenciado como um importante suporte para a recuperação de patologias quer neurológicas quer ortopédicas em palestras em toda a Europa onde encontra larga indicação como verdadeiro e próprio apoio na ginástica reeducativa na distrofia muscular e na ginástica de potenciamento e manutenção.

Nos Estados Unidos a bola foi utilizada primeiramente com pacientes neurológicos e depois em ortopedia.  Hoje vem sendo muito utilizada pelos terapeutas para diversos e variados problemas de recuperação funcional e encontrou larga difusão e aceitação na prática da ginástica aeróbica e em vários sectores do Fitness e no método Pilates.

Em Itália e apesar de o produtor e único exportador mundial ser italiano a ledraplastic de osoppo ud a fitball foi descoberta apenas recentemente como instrumento válido e multifuncional para uma atividade motora dinâmica divertida estimulante diferente e eficaz a fitball apresenta-se como uma grande bola de material homogéneo a base de pvc de cores diversas com tamanho de diamentro variável e com a injecção de ar no seu interior vai enchendo até atingir o diamentro mais conveniente para o utilizador 45 cm 55 cm 65 cm 75 cm 85 cm e 95 cm pode suportar até 300 kg adapta-se a todas as superfícies rígidas não escorrega muito e em situações raras de rompimento não rebenta despejando-se lentamente não possuído portanto nenhum problema de segurança a dimensão correcta deverá permitir uma posição de sentado na bola em que as coxas fiquem num angúlo de 90 em relação ao busto com os pés em apoio em frente ao joelho ou uma postura correcta em cima da bola onde o comprimento do próprio braço deve corresponder a medida do diâmetro da bola.

As atividades motoras com a bola FITBALL ajudam a reforçar e portanto a melhorar a resistência da  musculatura de suporte ao mesmo tempo que é garantia de uma postura ativa em beneficio da coluna vertebral.  É  um treino cardiovascular que aumenta a mobilidade articular, o alongamento e o relaxamento de todo o corpo e ainda estimula a tomada de consciência do próprio corpo, interiorizando-a.  O lado divertido da ginástica com fitball ajuda a absorver os momentos de stress da vida quotidiana e a elimina-los uma tensão muscular bem doseada comporta também um relaxamento muscular uma jornada bem concebido é uma sucessão de tensões e relaxamentos é essencial compreender que a aquisição do treino com a fitball deverá ser constantemente adaptado e posto em prática no quadro de actividades de todos os dias.

O FITBALL é um programa de treino cuidadoso e específico de grande exigência que ajuda a prevenir, combater e reduzir as causas do tão famoso “mal das costas”. A mobilidade da coluna vertebral na sua totalidade depende da interação de numerosos reflexos.  O movimento sobre a bola ajuda-nos a compreender como a mobilidade do tronco superior da coluna e das coccigeas agem sobre todos os outros segmentos vertebrais. Ajuda-nos a descriminar e a ativar as forças internas e externas do corpo, levando-nos a verificar a relação corpo-funções internas com as estruturas corporais, a diversificar os nossos modos de transferir e distribuir o nosso peso relacionado-nos com a força da gravidade e tornando-nos ativos a esta força.  Um beneficio típico do FITBALL está na capacidade de posicionar o nosso corpo num alinhamento correto com a utilização simultânea de um músculo ou de um grupo de músculos.  Manter este alinhamento correto estimula os reflexos motores naturais do corpo e estimula-o a reagir como uma única unidade, estimula todo o corpo a sentir-se envolvido no manter uma postura correta, um equilíbrio e a realizar um movimento dinâmico. Mesmo quando se trabalha com grupos musculares diversos, a atividade sobre a bola envolve contemporaneamente  também toda a musculatura do tronco para manter o equilíbrio do corpo.  A tonificação dos músculos abdominais e lombares, em particular, e de toda a musculatura postural permitirá conseqüentemente uma postura correta e são importantes para aliviar e prevenir as dores lombares.  Com o tempo a actividade com a bola produzirá resistência em importantes músculos posturais e poderá desenvolver uma inconsciente memória muscular que ajudará o corpo a permanecer numa postura correcta durante todo o dia um corpo que trabalha eficazmente como uma unidade única é um passo certo para se conseguir um bem-estar físico a uma cuidada prevenção a uma desejada reabilitação

A atividade com a FITBALL é indicada para todas as faixas etárias: no desenvolvimento da motricidade infantil no trabalho para melhorar as atitudes paramórficas do adolescente, na manutenção da motricidade e na prevenção, quer no adulto quer no idoso, e na reabilitação a todos os níveis. Para qualquer desportista este trabalho é ideal para aperfeiçoar a forma e para definir sua musculatura, melhorando sua coordenação e o equilíbrio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.