Nintendo Wii é usado na reabilitação de pacientes da UTI do Imperial Hospital de Caridade

Interação com o vídeo game estimula a cognição e a coordenação motora dos pacientes. UTI do IHC é umas das primeiras de SC a usar o Wii com fins terapêuticos
 A equipe da Reabilitar Núcleo de Fisioterapia está desenvolvendo um tratamento inovador na UTI do Imperial Hospital de Caridade (IHC), de Florianópolis (SC). Com supervisão de fisioterapeutas, a unidade está fazendo uso do Nintendo Wii como recurso para reabilitação de pacientes em estado grave.
Um dos casos bem-sucedidos é o do Sr. José Roque Assmann, 77 anos, em tratamento das sequelas de um AVC. Internado no Hospital Caridade há quatro meses, o professor aposentado da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) encontrou no Nintendo Wii mais do que uma possibilidade de melhorar a mobilidade do lado esquerdo do corpo: reencontrou o prazer de jogar tênis, esporte que praticou durante um longo período de sua vida como amador.
O tratamento, disponibilizado por poucas UTIs de hospitais catarinenses, é acompanhado de perto pela fisioterapeuta Gicelle de Freitas, que vibra com cada avanço do paciente. Além de Gicelle, as fisioterapeutas Marina Palú, Francine Bertassi e as coordenadoras da Reabilitar Núcleo de Fisioterapia, Patsy Mandelli e Audria Beretta, também estão envolvidas diretamente na supervisão do uso do Nintendo Wii com fins terapêuticos.
“O Nintendo Wii oferece uma série de possibilidades. Os sensores de movimento do Wii Remote (controle) permitem a realização de movimentos característicos de diversos esportes. A interface é importante por estimular a coordenação motora, ao mesmo tempo em que promove o bem estar e desperta novos interesses no paciente”, explica Patsy Mandelli.
O Wii Remote, citado por Patsy, é o responsável pela captação dos movimentos realizados pelo usuário. A câmera infravermelho e os sensores embutidos no controle, além do sistema  de  vibração  que  mede os  movimentos  da  mão  em  três  dimensões, despertaram o interesse dos profissionais da Fisioterapia na  utilização do  console com  o  objetivo  da  reabilitação.
O Imperial Hospital de Caridade alerta que o uso do Nintendo Wii como ferramenta terapêutica deve ser supervisionado por um fisioterapeuta habilitado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.