Não sou fisioterapeuta mas pelo visto o árbitro é

Diogo Rocha lamentou esta segunda-feira a atitude do árbitro do seu encontro de acesso ao quadro principal do Portugal Padel Masters, que negou assistência médica ao seu parceiro António Luque durante o terceiro set, atribuindo depois duas advertências e um jogo de penalização à dupla ibérica.

“O António teve problemas. Não sei, não sou fisioterapeuta, mas o árbitro pelos vistos é e conseguiu ver que era cãibras. Mas estou muito orgulhoso por termos lutado até ao final e o António foi um guerreiro, apesar das limitações físicas”, confessou em declarações aos jornalistas no final.

Tal como no tênis, os jogadores não podem ser assistidos por fisioterapeutas quando têm cãibras.

Fonte: http://bolamarela.pt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.