Dr. Mark Adrian Hudson

Quem é, o que fez e faz pela fisioterapia |
Fisioterapeuta atuante na área desportiva por mais de 17 anos, dos quais, doze dedicados ao Vôlei de Praia Brasileiro, prestando serviços para Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).
Fisioterapeuta da “Corrida Olímpica”, acompanhando as equipes Brasileiras nas etapas do Mundial de Vôlei de Praia (Brasil, China, Rússia, Itália, Suiça, Alemanha e Áustria – 2012).
Fisioterapeuta oficial das etapas brasileiras dos campeonatos Mundiais de Vôlei de Praia masculino e feminino – Swatch FIVB World Tour (2002 – 2012).
Fisioterapeuta oficial do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia (2002 – 2013)
Fisioterapeuta oficial dos campeonatos Rei, Rainha da Praia (2002 – 2014)
Instrutor da Thera-Band® Academy – USA no Brasil por 8 anos.
Instrutor Internacional certificado pela 3B Scientific® Taping Excellence Center -Germany.
Instructor Certified of Kinesiologic Taping for Medical and Sports Application by G.A.A.S.M. (German Academy of Applied Sports Medicine), Certified 4D PRO Instructor (4D CoreSpeed Academy’s Comission – Germany).

markfisio@markfisio.com


Qual ano e em qual faculdade que se formou?
Formado em 1996 pela Universidade Estácio de Sá (Campos Bispo – RJ)

Qual foi a melhor coisa que fez na vida?
Por trabalhar com esporte, viajei muito e pude conhecer quase todo o Brasil, além de vários países. Isto me deu uma vivência muito importante em minha vida profissional. Pude conhecer particularidades profissionais em vários cantos deste país e do mundo. Os contatos que fiz me renderam ministrar cursos em outros países, como por exemplo no Chile, onde já ministrei 3 cursos.

Qual foi a pior coisa que fez na vida?
O fato de trabalhar viajando tanto tem seu lado bom e seu lado ruim. Gostaria de ter me dedicado mais a carreira acadêmica, o que não conseguia por ter uma agenda muito cheia, além claro, da falta de vida social junto com a família.

O que você mais gosta na profissão?
Ver os resultados do nosso trabalho. Quando você vê um jogador que tinha uma dor que o incapacitava de jogar, e com o nosso empenho profissional, ele consegue voltar a jogar ou um paciente que não conseguia fazer algo e chega todo feliz até você dizendo que está bem melhor, é um prazer muito grande.

O que você odeia na profissão?
Profissionais que não evoluem e não se atualizam, mostrando uma imagem ruim da nossa profissão.

Que qualidade mais admira nos profissionais que te cercam?
A capacidade de, mesmo estando em uma profissão que não é muito valorizada, principalmente financeiramente, os profissionais que me cercam continuarem batalhando em prol de um melhor
atendimento.

Que qualidade mais detesta nos profissionais que te cercam?
A falta de tempo para maior troca de informações, já que nós da Fisioterapia trabalhamos muito.

Qual sua maior virtude?
Ser acessível e não gostar de esconder conhecimento adquirido. Já escutei comentários de alunos que fizeram cursos meus, que ficaram impressionados e que “além de eu aceitar a amizade no
Facebook eu respondo as perguntas”.

Qual seu pior defeito?
Sou muito impulsivo e um tanto quanto cético. Era um só??? rsrsrsrs.

Se pudesse mudar algo, o que seria?
Acho que principalmente a impulsividade.

Qual maior mentira já contou?
Acho que mentiras “brancas” como uma vez que dei um pedacinho de
miolo de pão amassado, como se fosse um comprimido, para uma paciente extremamente hipocondriaca dizendo que
era um medicamento para dor. O melhor é que a dor passava e ela fazia a sessão de fisioterapia completa, rsrsrsrsrsrs

Qual o fato mais inusitado em sua carreira?
Na Etapa de Palmas de Vôlei de Praia em 2005, uma atleta resolveu tomar banho no Rio Tocantins, que era colado na arena, e foi atacada por uma PIRANHA, que arrancou um pedaço de um de seus dedos do pé. Felizmente não foi nada mais sério já que ela saiu rapidamente da água.

Qual fato foi o mais cômico?
Em uma etapa do Vôlei de Praia, não me lembro em qual cidade, após um lance polêmico de jogo, um cachorro entrou em quadra e começou a latir sem parar para o Árbitro da partida.

Qual seu maior arrependimento?
Na minha profissão eu posso dizer que não me arrependo de nada.

Qual objeto de desejo?
Gostaria muito de ter um aparelho de ultrassom de imagem e aprender a utilizá- lo com fins de auxílio na evolução de alguns tratamentos.

Qual dica daria aos colegas?
Se atualizem sempre e se valorizem.

Qual seu maior sonho?
Serve “A PAZ MUNDIAL”??? rsrsrsrsr. O que eu gostaria de assistir é a fisioterapia ser valorizada na área da saúde.

Qual seu maior pesadelo?
O maior pesadelo foi ter perdido uma cadelinha que eu adorava durante o período do Pan-americano de 2007 e não poder estar perto dela nesse momento tão difícil por conta do trabalho.

Qual sua aquisição mais recente?
O conhecimento é a maior aquisição que podemos ter e por conta de ter saído do esporte, estou tendo mais disponibilidade para ser aluno em vários cursos.

E qual profissão jamais queria ter?
Qualquer uma da área financeira.

Que talento mais gostaria de ter?
Gostaria de ter mais habilidade em desenho.

Se não fosse fisioterapeuta gostaria de ser o quê?
Veterinário especializado em Fisioterapia.

Um livro?
Atlas Fotográfico De Anatomia – Yokochi

Quer fazer alguma divulgação?
Sim, estou ministrando alguns cursos na FisioBúzios | Cursos All Inclusive para Fisioterapeutas e convido os colegas a conhecerem.
www.fisiobuzios.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.