LED trata lesões articulares e é alternativa aos anti-inflamatórios que sobrecarregam o fígado

As lesões nas articulações são problemas enfrentados tanto no ambiente esportivo quanto no trabalho, principalmente no caso das lesões por esforço repetitivo (LER). Esses problemas são tratados em fisioterapia, mas para o alívio das dores geralmente são prescritos medicamentos anti-inflamatórios. O problema é que esse tipo de medicamento, apesar de figurar entre os mais prescritos no mundo, pode causar efeitos colaterais quando utilizados de forma indiscriminada e por um longo período de tempo. Entre as principais complicações estão: gastrites, úlceras, insuficiência renal, hipertensão e problemas cardiovasculares e no fígado. Mas uma nova terapia promete ajudar graças à ação local: é o uso de LEDs de baixa potência do Sportllux, um aparelho de fotobiomodulação de uso domiciliar, que conta com luz vermelha e infravermelha para agir no alívio da dor e na diminuição da inflamação causadas pelas lesões articulares.

            De acordo com o fisioterapeuta Dr. José Alberto Fregnani Gonçalves, equipamentos baseados em fototerapia, como a Terapia com Luz de Baixa Potência, também podem ser usados como coadjuvantes no tratamento e alívio de sintomas destas condições. “Isso porque realizam fotobiomodulação, ou seja, utilizam da estimulação fotodinâmica para promover efeitos fisiológicos, exercendo, por exemplo, função curativa, melhorando a qualidade do tecido que está em sofrimento e ajudando-o a se regenerar, além de promover ação analgésica, sendo assim um coadjuvante importante no processo de recuperação funcional dos músculos e articulações e no alívio das dores”, explica o fisioterapeuta.

O Sportllux é um destes aparelhos que agem através da fotobiomodulação ou Low Level Light Therapy (LLLT). Segundo o médico angiologista Dr. Álvaro Pereira de Oliveira, o aparelho tem a capacidade de transformar a energia da luz em efeito fisiológico, com cada comprimento de onda atuando em cromóforos (alvos) específicos e gerando respostas terapêuticas. “Muitos autores têm relatado efeitos positivos da LLLT no reparo tecidual em lesão de nervos periféricos, principalmente pelo aumento da secreção do fator de crescimento vascular endotelial (VEGF) e fator de crescimento nervoso (NGF) bem como o efeito inibitório da inflamação por meio da redução das citocinas pró-inflamatórias”, diz o médico. Dessa forma, o equipamento age no alívio da dor e na diminuição da inflamação causadas pelas lesões articulares, além de ter uma ação protetora sobre o desenvolvimento do dano induzido pelos esportes ou pelo esforço repetitivo. Se utilizado corretamente, o aparelho também é capaz de aliviar a dor crônica e aguda.

Quanto ao modo de uso para o alívio da dor e tratamento dessas lesões, o Sportllux, que está disponível em três versões, deve ser utilizado duas vezes ao dia, sendo confortavelmente posicionado no local de aplicação e mantido na mesma posição durante 20 minutos, tempo de duas sessões seguidas.

Lesões articulares: um problema comum

            Para se ter uma ideia do quanto as articulações de atletas sofrem, um estudo da Universidade Federal de Santa Catarina, diz que as lesões articulares estão em segundo lugar entre as que mais acometem os praticantes de esportes, ficando atrás apenas das lesões musculares. Praticantes de futebol, por exemplo, tendem a sofrer pelo menos uma lesão por ano, especialmente distensões nos membros inferiores; atletas de têm mais luxações devido ao impacto da bola com o corpo; e, no basquete, a entorse (de joelho e tornozelo) é o principal diagnóstico de lesão, ocorrendo geralmente após a aterrisagem de um salto.

Mas o esforço repetitivo também figura entre as lesões articulares de maior impacto. Atividades rotineiras feitas à exaustão, como longos períodos realizando o mesmo movimento de forma contínua devido ao trabalho, mexer no celular ou tocar pianos, também causam estas lesões. “A repetição excessiva do mesmo movimento para utilizar o celular, por exemplo, pode causar um efeito inflamatório e, posteriormente, degenerativo nas articulações e tendões das mãos, dedos e pulsos”, finaliza o fisioterapeuta Dr. Alexandre Ribeiro Alcaide, especialista em fisioterapia esportiva e musculoesquelética e sócio fundador da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva (SONAFE).

FONTES:

Dr. Álvaro Pereira de Oliveira: angiologista e cirurgião vascular.

Dr. Alexandre Ribeiro Alcaide: fisioterapeuta, especialista em fisioterapia esportiva e musculoesquelética e sócio fundador da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva (SONAFE)

Dr. José Alberto Fregnani Gonçalves: fisioterapeuta.

COSMEDICAL: A COSMEDICAL é uma empresa especializada em oferecer tratamentos seguros e inovadores aos seus clientes, desde terapia capilar à recuperação de musculatura pós-esforço físico. Acostumados à alta tecnologia e a eficácia da fotobiomodulação através de LED’s, a empresa vem se tornando referência em equipamentos home device. A COSMEDICAL fabrica, comercializa e importa equipamentos para a saúde, há mais de 15 anos. A eficácia e a segurança dos produtos são medidas por testes clínicos rigorosos, realizados por grandes instituições europeias e brasileiras. www.cosmedical.com.br SAC 11 3448-7070

ESTUDO:

https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/87120/224591.pdf?sequence=1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.