Jô continua a fazer fisioterapia respiratória e muscular

Fonte: http://entretenimento.br.msn.com/famosos/recuperado-j%C3%B4-soares-diz-que-foi-tirado-do-bico-do-urubu-1

De volta ao trabalho na Globo após um mês afastado para se recuperar de uma pneumonia, Jô Soares mostrou, durante o programa da última segunda-feira (8), que estava com saudades de seu programa e que não se importou com os rumores de sua morte. No entanto, ele não nega que seu estado de saúde tenha ficado frágil.

De bom humor, o apresentador avaliou que foi tirado do “bico do urubu”. Com pressão arterial baixa – 5 por 2 -, ele teve uma noite atípica e só foi ao hospital por insistência de sua ex-esposa, Flávia Soares. “Quando chegamos ao Sírio [Libanês, o hospital onde ficou três semanas], eu já estava me dirigindo ao Fabinho, um rapaz da produção do programa. Só que o Fabinho não estava lá”, contou ao jornal “Extra”.

“Me dei conta de que a gente morre sem saber, sem notar. Mas a bactéria já estava entrando na corrente sanguínea. Eu estava desidratado e inchado ao mesmo tempo. Meu pé parecia o da Miss Piggy. Perdi oito quilos, passei uma semana na UTI e duas no quarto. Agora, vejo veias no meu pé que não sabia que tinha”, brincou.

Durante a passagem pela unidade médica, boatos deram conta de que Jô estaria com câncer – muito por conta das visitas frequentes do amigo Dráuzio Varella, que é médico oncologista. Mesmo sem se importar com as notícias, o apresentador confessou que ficou emocionado quando sua alta médica foi anunciada no “Jornal Nacional”.

“[…] trabalho na maior rede de televisão da América Latina. Se acontece algo comigo, eles vão noticiar, né? Estou fragilizado. Até chorei quando o William Bonner e a Patrícia Poera disseram no ‘Jornal Nacional’ que eu tinha tido alta e que era ‘uma boa notícia’. Você não imagina as manifestações de carinho que recebi”, detalhou.

Recuperado, Jô continua a fazer fisioterapia respiratória e muscular, e mudou sua dieta – ele fazia apenas uma refeição por dia. “Na primeira semana, não conseguia andar da cama à porta. Soube que teria que passar um tempo no hospital e fui levando minhas coisinhas para lá: bicicleta, Apple TV… a Annie [produtora] disse que eu teria que chamar um caminhão de mudança na saída.”

Ao artista, que chorou durante sua volta ao “Programa do Jô”, avaliou sua ausência e resumiu: “Fiquei na maior emoção. Chorei. Foi um renascimento”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.