Dr. Gustavo Pacheco de Souza Cruz

Qual ano e em qual faculdade que se formou?
Sou de Brasília, mas me formei em janeiro de 2007 pelo IBMR no Rio de Janeiro – RJ.

Qual foi a melhor coisa que fez na vida?
Ajudar pacientes neurológicos na recuperação de algumas AVDs (Atividade de vida diária). Foi extremamente gratificante.

Qual foi a pior coisa que fez na vida?
Não digo pior, mas diria mais frustrante. Não conseguir ajudar alguns pacientes com dores crônicas, por exemplo.

Que qualidade mais admira nos profissionais que te cercam?
A vontade de sempre quererem estudar mais e mais. Nunca param. Sempre acham que há coisas a serem aprendidas.

Que qualidade mais detesta nos profissionais que te cercam?
Falta de humildade.

O que você mais gosta na profissão?
A capacidade que temos em nossas mãos de mudar a vida de uma pessoa fisicamente deficiente ou incapaz de algumas atividades por quadros álgicos fortes.

O que você odeia na profissão?
O não reconhecimento a altura do que merecemos.

Qual seu maior arrependimento?
Ter demorado a separar tempo para aproveitar a vida também e não somente estudar e estudar e trabalhar e trabalhar.

Se pudesse mudar algo, o que seria?
Anos mais velho para ter estudado mais e ter absorvido mais conhecimentos.

Qual seu pior defeito?
Teimoso.

Qual maior mentira já contou?
Tive que falar pra um paciente PC que eu era tricolor para que ele realizasse um exercício.

Qual fato foi mais inusitado em sua carreira?
O mesmo acima.

Que talento mais gostaria de ter?
Uma memória mais apurada.

Qual dica daria aos colegas?
Dê tempo ao tempo. O que for acontecer, vai acontecer na hora certa. Não adianta querer dar um passo maior do que a perna. Agir sempre com lealdade e humildade, tanto com os pacientes quanto com os colegas de profissão.

Qual seu maior sonho?
Ter minha estabilidade dentro da minha profissão.

Qual seu maior pesadelo?
Pesadelos não fazem parte da minha vida.

Qual objeto de desejo?
Ser instrutor de cursos.

Qual sua aquisição mais recente?
Auxiliar a ministrar aulas sobre Fisioterapia Vestibular em cursos e pós-graduações.

Se não fosse fisioterapeuta gostaria de ser o que?
Jogador de futebol ou Piloto de avião.

E qual profissão jamais queria ter?
A pior profissão é aquela em que não nos sentimos felizes.

Diga um desafio?
Ser um profissional a ser lembrado um dia.

Um livro?
O Xangô de Baker Street – Jô Soares.

Para qual colega você tira o chapéu e porquê?
Professor Palmiro Torrieri Junior. Não somente pela parte técnica que é impressionante o quanto de conhecimento ele tem, mas também pela pessoa que é, sendo ele quem ele é. Muitos outros se comportam de maneira menos humilde e perto dele ainda estão engatinhando.

Quer fazer alguma divulgação?
Sim, que muito em breve estarei ministrando cursos de Maitland e Mobilização Neural na FisioBúzios.
Então aos que têm interesse já podem entrar no site da FisioBúzios para verificar as datas e fazerem suas inscrições nesta “viagem maravilhosa” que são os cursos.

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.