Grupo de dor do HC comprova o alivio da dor

Pensando na qualidade de vida desta população, a Invel®, empresa brasileira que desenvolve, fabrica e exporta produtos para saúde, contendo o exclusivo mineral MIG3®*, patrocinou junto ao Grupo de Dor do Hospital das Clínicas, da FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), coordenado pelo Prof. Dr. Manoel Jacobsen, os estudos clínicos de eficácia e segurança dos produtos desenvolvidos pelo IITP®* (Instituto Invel de Tecnologia e Pesquisa), para o tratamento coadjuvante no alívio da dor.

Foram pesquisados dois produtos: Invel Actiive Shirt (camiseta) e a Invel Actiive Glove (luva). Segundo os resultados das pesquisas, a camiseta e a luva incorporadas com o exclusivo mineral MIG3®, promovem a melhora da microcirculação sanguínea local e do metabolismo humano, tornando-os uma terapia coadjuvante do tratamento no alívio da dor. Com base nestes estudos, e em caráter pioneiro, em 2011, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) concedeu seu registro para a camiseta e a luva, respectivamente. “Estes produtos são coadjuvantes eficazes no tratamento da dor, práticos e de baixo custo”, declara o Prof. Dr. Manoel Jacobsen, coordenador do Grupo de Dor, do HC.

Auxílio da Dor

No estudo da Invel Actiive Shirt (camiseta), o grupo de Dor do Hospital das Clínicas, realizou a pesquisa duplo cego e randomizado com 54 voluntários que utilizaram a peça por 14 dias por 8 horas diárias, e os dados obtidos demonstram a eficácia no tratamento complementar da lombalgia crônica melhorando a dor em 44,83%, pois o calor superficial promovido pelo tecido da camiseta é resultado de um efeito fotoquímico. Ocorre devido ao aumento da perfusão tecidual promovida pelo calor, auxílio na remoção de substancias que causam dor e aumento do suprimento de oxigênio local. A Invel Actiive Shirt chega ao mercado no dia 01/07/2011, e pode ser reservada no site da Invel® pelo valor de R$ 384,00 (modelo unissex).

O grupo de Dor foi responsável também pela pesquisa duplo cego e randomizado com a Invel Actiive Glove (luva), que contou com a participação de 60 pacientes portadores da Síndrome Dolorosa Miofascial (SDM*) dos membros superiores. A luva foi usada diariamente, por 6 horas diárias, no mínimo, durante 28 dias. O estudo ocorreu por 56 dias – 28 dias com o produto, 28 dias sem o produto. Observou-se uma melhora significante e progressiva da dor muscular no cotovelo e punho ao longo do tempo de uso, que persistiu, mesmo após a descontinuação de uso do produto, melhorando assim, a funcionalidade dos membros. A porcentagem média da ausência de dor no punho foi de 55,55% no grupo que fez uso da Invel® Actiive Glove.
A Invel Actiive Glove estará disponível para venda a partir de 1/08/2011, porém as peças já podem ser reservadas no site da Invel. O par sairá por R$ 198,00 (modelo antebraço).

Os produtos da Invel® são comercializados em sua loja, em São Paulo, ou através do site: www.invel.com.br.

*Sobre a SDM – Síndrome Dolorosa Miofascial
Em um estudo de epidemiologia clínica realizada no Centro de Dor do Hospital das Clínicas evidenciou-se dor de origem músculo-esquelético em aproximadamente 60% dos doentes. A SDM predominou nos doentes que apresentavam dor músculo-esquelético e observou-se SDM e PGs em 94,5% de 109 doentes com LER/DORT e fibromialgia em 21%.

A síndrome dolorosa miofascial (SDM) é uma das causas mais comuns de dor músculo-esquelético e de incapacidade funcional. É pouco reconhecida pelos profissionais da saúde, pois o diagnóstico depende exclusivamente da história clínica e dos achados do exame físico. Muitos destes doentes são tratados como portadores de bursite, artrites, tendinites, sem haver melhora do quadro clínico.

Esta síndrome é uma condição benigna e caracterizada pela ocorrência de bandas musculares tensas palpáveis, nas quais se identificam pontos intensamente dolorosos, os pontos gatilho (PGs) miofasciais que quando estimulados por palpação digital ocasionam dor local ou mesmo em outros locais a distância. Acomete músculos, tecido conectivo e fáscias principalmente da região cervical, cintura escapular e coluna lombar.
*Fonte: Livro – Dor, Manual para o clínico, autor: Manoel Jacobsen Teixeira.

*Sobre o Mecanismo de Ação: tecnologia MIG 3®
O tecido incorporado com Tecnologia MIG3, mineral que irradia raios de Infravermelho Longo, produz efeito térmico, devolvendo calor do corpo para o benefício próprio do seu metabolismo. Ocorre então a vaso dilatação e a melhora da microcirculação sanguínea, e como conseqüência inúmeros benefícios ao indivíduo que enfrenta as doenças resultantes do stress e da vida moderna, como o alívio de dores crônicas*, a melhora da aparência da pele*, a diminuição da celulite*, a verdadeira sensação de bem-estar e conforto.

*Sobre IITP
Em 2008, foi fundado o IITP® (Instituto Invel de Tecnologia e Pesquisa), associação sem fins lucrativos, responsável pelo desenvolvimento e aperfeiçoamento da tecnologia Invel. Através do trabalho constante de parceria com as principais universidades do Brasil e do Japão, e centros de pesquisa, o capital intelectual do IITP® mantém a Invel como líder na tecnologia do Infravermelho Longo no mundo.

Comunicação Corporativa e Marketing
Christiane Alves: (11) 3262-2997 ou (11) 9687-6738
E-mail: christiane@publishcom.com.br
Twitter: publish_com
Site: www.publishcom.com.br

9 comentários em “Grupo de dor do HC comprova o alivio da dor”

  1. MARILENE DE FATIMA FRANCO

    POR FAVOR, ESTOU TENTADO FALR PARA ME CADASTRAR PARA ATENDIMENTO NO GRUPO DE DOR. TENHO CEFALEIA CERVICALGICA E NÃO PARA DOR COM NADA.

    POR FAVOR ME DE A OPORTUNIDADE DE TER UMA CONSULTA COM O GRUPO PARA VER SE ACHAMOS UMA SOLUÇÃO QUE AMENISE OU ACABE COM A DOR CRONICA QUE TENHO.

    FICO NO AGUARDO.

    GRATO

  2. UNELIO ARAUJO

    BOA TARDE 22.06.14

    MINHA ESPOSA SOFRE DE DORES TODOS OS DIAS. JÁ TOMOU REMEDIOS FORTES E NÃO PASSA.

    POR FAVOR, COMO POSSO ENTRAR EM CONTATO COM ESTE GRUPO EM SÃO PAULO. POR FAVOR ME AJUDE.

    GRATO

    1. ANTONIO TAVERA DE SOUZA JUNIOR

      Por favor tenho cefaleia cronica a vinte dois anos ja fiz todo tipo de tratamento e não tenho melhoa. preciso muito entrar em contato com esse grupo em São Paulo. meu e-mail é grazymuniz1@hotmail.com. Por favor entre em contato comigo e ajude, preciso muito aliaviar essa dor.

  3. ana aparecida americo

    Por favor quero ajuda para minha irmã que esta sofrendo com fibriomialgia, gostaria de saber de umgrupo para dor para que ela pudesse tratbalhar isso e ter qualidade de vida, agradeço e espero anciosa por uma possivel soluçao.

  4. marcia castello martins

    Tenho artrose acentuada, agravada por fibromialgia. No joelho direito já vou colocar a quinta prótese. Vou colocar prótese no joelho esquerdo e também nos dois ombros. Fiz artrodese na coluna. Tenho dores alucinantes as 24 horas do dia, que estão impossibilitando cada dia mais meus movimentos. Peço encarecidamente que me incluam nesse grupo, para quem sabe ,eu consiga minimizar minhas dores e assim obter uma melhor qualidade de vida. Tenho 65 anos.

  5. sou tania de florianopolis fis consultas exames 2 anos e muita dor 40 anos grito muito quase não me alimento dos remédios enxada 4o ano de porta em porta implorando ajuda criei 2 filhos gritando todo dias dor diarreia coluna queimando sola pes e t c 2 vezes e aloneuropatia axonal sensitiva e muita outras fui paciente centro neurológico vi isabel vou e volto avião meus ossos estão se partindo fui encaminhada para vocês e ai por não piedade do atendente não quis marcar iniciu ajuda p tanta dor em nome deus perguntem dr paim e todos médicos do centro neurologici perdendo 1ano e meio preciso ajuda centro tratamento para dor crônica ter exames por virgem maria tiren me do inferno em cima cama tomando tudo chas estou final vida gostaria alivio p ver como e vida minha incricao já foi p bauru 503 0u 8 48 33340185 984075927 por deus me chamen e pela secretaria saúde beirro capoeiras falar com meri ou joelmo aguardo cansada viver presa na dor tania maria pires

  6. Sou ex-VoluntARIA DO HC,
    MARIA LUCIA DE OLIVEIRA ABRAHAO ***
    FAÇO CONSULTAS NO HC
    Ultimas 2 esse mes de Julho:
    No Instituto IPQ COM
    Neuo-cirurgiao DR. CESAR CASAROLLI
    Psiquiatra : DR. FLORINDO STELA

    POR FAVOR TENHO URGÊNCIA EM PARTICIPAR DO GRUPO DE DOR DO HC
    Faço tratamento, MAS NECESSITO PARTICIPAR DO GRUPO.
    Estou tentando há muito tempo e nào consigo PESSOALMENTE.
    COMO FAÇO POR GENTILEZA?

    AGUARDO RESPOSTA

    997971888
    M.Lucia O. Abrahao

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.