GRECO prende médico e fisioterapeuta por ‘gato’ de energia em Picos

Na manhã desta sexta-feira (4), o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) realizou duas prisões por furto qualificado. Essas prisões já vêm sendo realizadas desde que o grupo firmou um convenio com a Eletrobrás.

A ação aconteceu no bairro Canto da várzea e foi comandada pelo delegado da GRECO, Kleyson Ferreira Costa. Ele afirma que nos últimos meses vem intensificando as operações no intuito de coibir a pratica.

Segundo o delegado, os presos apresentam um alto poder aquisitivo e são um médico e uma fisioterapeuta. Ele ainda acrescenta que as prisões foram feitas a partir de fiscalizações notando-se a incompatibilidade de consumo no imóvel. “ Em decorrencia disso foi feito um levantamento e verificado a existencia de furto de energia nos locais”, concluiu Kleyson.

Foram encontrados imãs acoplados nos dispositivos medidores de energia das residências. O uso dessa prática vem sendo comum em todas as classes sociais.

“Foi feita uma autuação administrativa por parte da Eletrobrás e por parte da polícia é realizando um procedimento criminal. A pena prevista é de reclusão de dois a oito anos. Nesse caso não cabe fiança e os acusados continuam detidos até decisão judicial”, explicou o delegado.

Outras pessoas poderão ser presas em Picos e região, uma vez que as fiscalizações tem se intensificado em todo o Estado.

Com informações do Picos40Graus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.