FISIOTERAPIA TRAUMATO-ORTOPÉDICA

TERAPIA DE FOTOBIOMODULAÇÃO NA FISIOTERAPIA TRAUMATO-ORTOPÉDICA

Autor

Dr. Rafael Inácio Barbosa (SC)
Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação e do curso de Fisioterapia da UFSC. Pós-doutorado pela USP. Presidente Nacional da Associação Brasileira de Fisioterapia Traumato Ortopédica (ABRAFITO).
PALESTRANTE CONFIRMADO

Contextualização: A terapia de fotobiomodulação (TFBM) apresenta crescente utilização na última década. Os seus efeitos fotobiomoduladores são comumente produzidos por meio de laser de baixa intensidade (LBI) ou diodo emissor de luz (LED), podendo ser utilizados em diferentes comprimentos de onda. Essas fontes de luz são divergentes quanto à monocromacidade e coerência, no entanto produzem efeitos teciduais equivalentes. Tais efeitos dependem da absorção de luz de estruturas presentes nas células, conhecidas como cromóforos.

Desenvolvimento: A aplicação de luz laser ou LED é capaz de induzir mudanças bioquímicas nos diferentes tecidos, possibilitando efeitos inibitórios ou estimulantes. Tais respostas estão associadas a uma cascata de reações celulares, que favorecem a absorção de enzimas pelo citocromo coxidase, gerando respostas fisiológicas que propiciam a diminuição da produção de espécies reativas de oxigênio e aumento síntese de adenosina trifosfato (ATP).

A partir desses mecanismos, é possível observar diversos benefícios em uma gama de desfechos na Fisioterapia Traumato-ortopédica. Tais achados são apresentados em revisões sistemáticas recentes com resultados positivos para regeneração tecidual, aumento da microcirculação local, ganho de força, aumento do pico de contração isométrica, diminuição da dor, diminuição na produção de ácido lático, dentre outros.

Para que os efeitos desejados sejam obtidos, é importante que se conheça os parâmetros ideais no tratamento de cada desordem ou condição de saúde. Embora exista uma dificuldade no estabelecimento desses parâmetros de utilização devido à grande variabilidade de condições de saúde, fases de tratamento e fatores envolvendo a dosimetria, a TFBM pode ser uma ferramenta de grande valia na evolução do tratamento fisioterapêutico.

Considerações finais: É importante que o fisioterapeuta tenha conhecimento dessa técnica para que possa utilizá-la da melhor forma alcançando resultados favoráveis nas condutas de tratamento.

Leitura complementar: Karu TI, Pyatibrat LV, Afanasyeva NI. A novel mitochondrial signaling pathway activated by visible-tonear infrared radiation. Photochem Photobiol. 2004 Sep-Oct;80(2):366-72. doi: 10.1111/j.1751- 1097.2004.tb00097.x

Karu TI. Multiple roles of cytochrome c oxidase in mammalian cells under action of red and IR-A radiation. IUBMB Life. 2010 Aug;62(8):607-10. doi: 10.1002/iub.359.

Vanin AA, Casalechi HL, Leal-Junior ECP. Terapia de Fotobiomodulação (Fototerapia) em desordens musculoesqueléticas. In: Associação Brasileira de Fisioterapia Traumato-ortopédica; Silva MF; Barbosa RI, Organizadores. PROFISIO Programa de Atualização em Fisioterapia Traumatoortopédica: Ciclo 1. Porto Alegre: Artmed Panamericana; 2018. P.43-73.

Oferecimento

3 comentários em “FISIOTERAPIA TRAUMATO-ORTOPÉDICA”

  1. Aline Nijs

    boa noite, como tenho acesso ao artigo? TERAPIA DE FOTOBIOMODULAÇÃO NA FISIOTERAPIA TRAUMATO-ORTOPÉDICA
    grata

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.