Fisioterapia Sexual

Cada vez mais as áreas da Fisioterapia vem ganhando novos rumos, e na sexualidade não é diferente.
Tão repleto de homens e mulheres necessitando de ajuda sexual, e tão poucos profissionais atuando, e o que é pior muitos nem sabe que essa área existe.
É por isso que retorno as matérias, começando por esse assunto.

A fisioterapia sexual atua tanto nas disfunções sexuais, quanto também dentro do contexto de anatomia e fisiologia sexual normal, com o objetivo de melhorar essas atividades a modo que o individuo em questão, venha a:
*sentir mais prazer,
*melhorar a sensibilidade,
*diminuir o desconforto ou a dor,
*acabar com aqueles típicos flátus vaginais desconfortáveis,
* fortalecer os músculos do canal vaginal (a modo que aumente o atrito e o prazer para ambos),
* aumentar e expor o clítoris que é muito pequeno (através de manobras e aparelhos),
*entre muitos outros casos.

A sexualidade faz parte da qualidade de vida, e é fundamental dentro de um casamento, ou pelo menos quando acreditam não ser fundamental pode ser o grande salvador, e ainda está intimamente relacionado a autoestima. Por tanto como fisioterapeutas devemos conscientizar nosso público em trabalhar melhor sua sexualidade, cuidar da saúde física e mental para isso e observar a relação sexual sobre um novo viés, com menos preconceitos e receios.

A forma como vivenciamos nossa sexualidade, está intimamente espelhada no que somos, como encaramos o mundo e como vivemos nossa vida.

Nossos instintos nesse momento intimo revela também nossos desejos, vontades, estilo de vida reprimidos. Quando não estamos bem com nosso sexo, isso pode também representar aspectos diversos que também estamos em conflitos, e ao trabalharmos melhor esse nosso instinto, nos soltando mais, nos entregando sem medo, e vivenciando coisas novas, isso também irá trazer benefícios para as demais áreas da vida.

É importante sabermos que não existe regras na sexualidade. Assim como tudo no mundo, somos inundados por padrões, regras e tendencias e isso nos poda a pensar rumo contrario ao que pede nossos instintos, e nossa essencia. No sexo também não é diferente, existem diversos ensinamentos pelo mundo a fora, sobre o que é certo e o que é errado, o que é gostoso e o que não é. A verdade é que não existe certo e errado quando se trata de sexo, você só precisa se atentar aos cuidados com a saúde, e seus limites e reais vontades e não só do parceiro, do mais o sexo é instintivo, natural e deve ser vivenciado conforme sentir vontade, deixando o desejo te guiar.

Quando permitimos que o desejo fale mais alto, e vivenciamos nossos instintos nos entregando sem medo de ser feliz, acionamos no cérebro o Sistema Nervoso Autônomo, e é ele que será o grande responsável em nos guiar para um Orgasmo maravilhoso, que por sua vez aumentará a libido, fazendo com que a mente procure por mais daquela sensação, por isso você já deve ter reparado, que quanto mais fazemos sexo, mais queremos sexo.

2 comentários em “Fisioterapia Sexual”

  1. Eliane Tibau

    Gostei da matéria, sou Fisioterapeuta uroginecologica e atuo em Niterói no consultório na Av. Sete de Setembro, 317/303 Icaraí. Estou fazendo pôs em sexualidade na Cândido Mendes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.