Fisioterapia ajuda a mulher a ter orgasmo

Fonte: http://tvnordestebahia.blogspot.com.br

A inexperiência costuma ser uma das principais razões para as mulheres desenvolverem a anorgasmia, problema conhecido como a ausência de orgasmo ou a incapacidade de obtê-lo. Os dados mais recentes sobre o problema são de 2003 e pertencem ao “Estudo da Vida Sexual do Brasileiro”, coordenado pela sexóloga Carmita Abdo. Uma das conclusões da pesquisa foi que 26,2% das mulheres sofrem de anorgasmia. “A anorgasmia é quando a mulher não consegue atingir o pico do prazer, o orgasmo, nem acompanhada, nem sozinha. O problema é mais comum nas mulheres que têm pouca experiência sexual e naquelas com mais de 60 anos”, explica a fisioterapeuta especializada em Uroginecologia, Débora Pádua, autora do livro “Prazer em conhecer – Você acha que sabe tudo sobre sexo?”, recém-lançado pela Editora Alaúde.
Entre os motivos para a anorgasmia estão vivências sexuais negativas, um parceiro com ejaculação precoce, medo de se entregar, uma educação repressora. O tratamento pode associar exercícios e eletroestimulação vaginal. A inexperiência costuma ser uma das principais razões para as mulheres desenvolverem a anorgasmia, problema conhecido como a ausência de orgasmo ou a incapacidade de obtê-lo. Os dados mais recentes são de 2003 e pertencem ao ‘Estudo da Vida Sexual do Brasileiro’, coordenado pela sexóloga Carmita Abdo. Uma das conclusões da pesquisa foi a de que 26,2% das mulheres sofrem de anorgasmia. ‘A anorgasmia é quando a mulher não consegue atingir o pico do prazer, o orgasmo, nem acompanhada, nem sozinha.
casal
Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.