“Fisioterapia: ciência, prática e evidência”

É com muito prazer que iniciamos esse projeto aqui na NovaFisio. Agradeço imensamente a oportunidade.
Um grande professor meu, já falecido, o Prof. Phd José Maximiliano Henriquez Sandoval (“Máx”), disse-me certa vez que a ciência está a dois passos da nossa prática clínica. Isso já faz um bom tempo… Pois bem, com a evolução dos meios de comunicação, desenvolvimento de programas de pós-graduação pelo país e pelo mundo e o próprio fortalecimento da bioética, surge em nosso meio o conceito de práticas em saúde baseadas em evidências científicas. O que é isso? Prometo que ao longo da nossa jornada que se inicia hoje, iremos debater com muito carinho essa temática.
Um tema que é um verdadeiro divisor de águas entre o que é ser um bom profissional e um medíocre. A responsabilidade do “eu” (leia você) Fisioterapeuta dentro desse contexto é enorme, caso contrário sua prática estará à “léguas” ou mesmo anos luz do conhecimento científico da sua época, e não só a dois passos como dizia o saudoso “Max”. Falo isso com muita tranqüilidade, pois o cuidado humano é envolvimento com a causa, precisamos ser eficientes…
O caminho envolve busca em bases de dados, guidelines, algoritmos, nível de evidência, grau de recomendação, entre tantos outros aspectos que tornam-se um prato cheio para aqueles que tem fome do saber!
Assim caros amigos, nossa coluna intitular-se-á: “Fisioterapia: ciência, prática e evidência”. Vamos tratar de temas centrais dentro da fisioterapia, baseando-nos nas principais evidências científicas que dispomos, indicando fontes de pesquisas e eventos, discutindo aspectos metodológicos entre outros.
Forte abraço e até o próximo encontro.

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

4 comentários em ““Fisioterapia: ciência, prática e evidência””

  1. Cleber S. Jesus

    Prezado Prof. Rodrigo,
    companheiro de tantas reflexões, fico feliz em vê-lo nesse espaço, construindo e dividindo suas indagações, sugestões e pensamentos…é assim que podemos fazer uma fisioterapia melhor.
    Forte Abraço.

  2. Dr. Rodrigo Queiroz

    Prezados Geraldo Barbosa e Cléber Souza, agradeço pelas palavras, vamos tornar esse espaço um centro de discussão de fisioterapia baseada em evidências – Grande abraço e conto com vocês nessa caminhada. Obrigado pelo incentivo.

    1. Olá Pessoal, além deste canal a revista tem uma sala de bate-papo exclusiva para fisioterapeutas trocarem informações seja por texto, seja por voz, além de arquivos, artigos e muito mais. Se você também precisar fazer uma reunião com sua equipe, temos salas apara até 99 pessoas simultâneas inteiramente grátis. Conheça nossa plataforma em: bit.ly/fisio-discord

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.