Fisioterapia brasileira segue fazendo sucesso pelo mundo afora.

Reconhecidamente uma das melhores no mundo, tanto que jogadores brasileiros e de outras nacionalidades sempre vem ao Brasil para se recuperar de lesões que os afastaram por um longo período dos gramados. Respeitada pelos profissionais da área, principalmente na fisioterapia e na fisiologia, os brasileiros sempre são procurados por estrelas do futebol mundial. E foi isso que aconteceu com o fisioterapeuta campineiro Dr. Helber Richard, que foi contratado para cuidar do atacante Malcon, enquanto ele defender as cores do Barcelona.

Recentemente Helber esteve em uma conferência de medicina esportiva no próprio Barcelona e lá conheceu Malcon, que se recuperava de uma lesão no tornozelo. Em princípio a ideia era apenas ajudar na recuperação, mas com o trabalho desenvolvido, Helber conseguiu ganhar a confiança do atacante, também brasileiro, e acabou chegando a um acordo profissional e acertando as bases para uma parceria de futuro. Em entrevista Helber falou o que representa trabalhar com um jogador de renome internacional.

“Sempre batalhei para atingir este patamar. Acredito que é uma responsabilidade enorme trabalhar com um jogador como o Malcon, afinal existe toda uma expectativa em torno dele e a cobrança é grande quando se é contratado para tratar de um jogador deste nível. Minha vida sempre foi pautada em desafios e a carreira também. Este é mais um desafio e me considero preparado para enfrentá-lo. Sei que vou conseguir corresponder toda a expectativa depositada em mim pelo Malcon”, falou Helber Richard.

Quem é
Helber Richard é natural de Campinas, tem na família jogadores renomados na bola, como o pai, Cassus, que foi zagueiro do Guarani, e o tio Júlio César, que jogou na Seleção Brasileira e por vários clubes europeus. Mas não optou por tentar a sorte dentro dos gramados, mas sim na medicina esportiva. Formado em fisioterapia, realizou vários cursos no Brasil e no exterior e começou a carreira no Rio Branco, de Americana, no ano que o clube conquistou o acesso, como campeão, da Série A3 para a A2.

Fonte: futebolinterior.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.