Fisioterapeutas do Grêmio ministram aulas em workshop da CBF

Com Letícia Ribas e Felipe Coimbra, Clube é o único representado pelos times feminino e masculino

Os fisioterapeutas Letícia Ribas, das Gurias Gremistas e Felipe Coimbra, da equipe profissional masculina, representarão o Grêmio no workshop “Fisioterapia no Futebol”, organizado pela CBF. O evento, destinado a profissionais e acadêmicos que trabalham ou tenham interesse em trabalhar com futebol, começa nesta terça-feira e se estende até o próximo dia 29, totalmente online. Entre os profissionais convidados a dividir suas experiências e conhecimentos, somente Felipe e Letícia trabalham em departamentos de futebol masculino e feminino de um mesmo clube de futebol.

Felipe será o primeiro a falar, no próximo dia 15, no painel “Estratégias e Planejamento para Prevenção de Lesões no Futebol”. Ao lado dele, também ministram a aula os profissionais João Paulo Frota e Ricardo Vital. Falando um pouco sobre suas funções e o trabalho de prevenir lesões, ele comenta a satisfação em ser convidado para um evento dessa magnitude.

“É gratificante receber um convite dessa grandeza, quando se trata da instituição máxima do futebol brasileiro. Nos clubes pelos quais eu trabalhei, sempre tivemos resultados positivos quando implementados programas preventivos dentro de um plano multidisciplinar. Cabe ao fisioterapeuta esse trabalho de planejar medidas estratégicas para diminuir ao máximo os riscos de lesões. Sabemos por meio de estudos científicos que o número de lesões interfere diretamente no resultado final das equipes. Portanto, isso mostra o quão importante é esse trabalho preventivo”, analisa o fisioterapeuta, que conclui falando sobre representar o Grêmio em um evento oficial da CBF.

“Será uma honra representar o Clube nesse evento acadêmico, tendo em vista a visão dos gestores aqui presentes em fomentar a questão educacional dos seus colaboradores. Tenho total convicção que em futuros eventos, o Grêmio será representado por outros profissionais, tanto da fisioterapia como de outros setores. Temos um staff altamente capacitado”, finaliza.

Felipe Coimbra tem 32 anos. Graduado em Fisioterapia pela FRASCE, pós-graduado em Biomecânica pela UFRJ e mestre em Fisioterapia Esportiva pela Escola Universitária Real Madrid/Universidade Europeia, chegou ao Tricolor em março deste ano após seis temporadas no futebol do Cazaquistão – onde trabalhou na seleção nacional de futsal, no time de futsal AFC Kairat e na equipe profissional do FC Kairat. Durante a graduação, ele também cumpriu mil e 500 horas de estágio nas categorias de base do Flamengo.

Já a representante das Gurias Gremistas entra em sala virtual no dia 22. Letícia Ribas estará ao lado de Yuri Franco na segunda aula do painel “Desafio das Principais Lesões no Atleta de Futebol”, que tratará de lesões de joelho e tornozelo. Ela conta foi pega de surpresa com o convite, feito pela Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física (Sonafe).

“Fiquei muito feliz com o convite da CBF. Não esperava. Vi que haveria o curso e estava interessada em participar e, quando recebi o convite, fiquei muito feliz. Qualquer convite da CBF é um reconhecimento muito grande a mim e ao Grêmio. Quem entrou em contato comigo foi a Sonafe, e é uma outra felicidade muito grande ser reconhecida por eles. Ser reconhecida por esses dois órgãos é muito gratificante, além de ser um sinal de que estou fazendo um bom trabalho”. 

Letícia também ressaltou a alegria de representar o Tricolor e, mais especificamente, as Gurias Gremistas. Através do trabalho à frente da fisioterapia do time, ela chegou à Seleção Brasileira e já conduziu outras palestras sobre o seu ofício.

“Estou também muito feliz por representar o Grêmio, junto com o Felipe Coimbra. Com certeza as Gurias Gremistas têm um papel muito grande nesse reconhecimento. Foi através delas que eu conquistei a convocação para a Seleção Sub-20, que fiz outras palestras. Agradeço a elas por acreditarem no meu trabalho, à comissão e à diretoria do Grêmio por terem acreditado em mim”.

Aos 27 anos, Letícia é graduada em Fisioterapia pela UFRGS e tem pós-graduação em Fisioterapia no Esporte pelo Centro de Traumatologia do Esporte da UNIFESP. Ela chegou ao Grêmio em janeiro deste ano e, já em março, foi convocada para a Seleção Brasileira Sub-20. Em sua carreira, também acumula experiência em esportes olímpicos. Em 2017, Letícia trabalhou com atletas olímpicos e paralímpicos de doze modalidades no Clube Esperia, em São Paulo. Já em 2018, trabalhou com atletas do skate, corrida, triathlon e futebol feminino no Care Club, centro de saúde localizado em Porto Alegre.

Por fim, Letícia Ribas destaca o fato de ser uma das três mulheres convidadas para o workshop “Fisioterapia no Futebol”, representando todas as mulheres que rompem barreiras para ocupar cada vez mais espaço no futebol mundial.

“Sou muito feliz por ser uma mulher entre os palestrantes. A gente sabe que no futebol há mais fisioterapeutas homens e, além de representar o Grêmio, fico muito contente por representar as mulheres fisioterapeutas. Nós precisamos desse espaço. Fico lisonjeada por ser uma das mulheres que vai palestrar nesse curso poder mostrar que as mulheres podem estar no futebol”, finaliza.

Arte: Grêmio FBPA / Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.