Fisioterapeuta, o profissional solitário. Você concorda?

A profissão de Fisioterapeuta é muito linda, gratificante e muito difícil.

É linda porque é um privilégio exercer com amor a profissão que escolhemos.  Difícil porque trabalhamos com as incertezas, gratificante porque ver a recuperação de uma pessoa é enche o coração de satisfação e felicidade.

Ao contrário de muitas profissões como enfermeiros, jornalistas, publicitários, administradores e muitas outras que contam com muitas equipes de mesmos profissionais ou até com profissionais diferentes, a profissão de Fisioterapeuta é completamente solitária, claro que não estou falando de profissionais que trabalham em clínicas no estilo linha de produção. Falo dos profissionais que são comprometidos com a Fisioterapia. Mas é solitária por quê?

Porque é o Fisioterapeuta quem faz todo o trabalho com paciente, que vai desde a anamnese, análise da sua história clínica para a prescrição e condução do tratamento fisioterapêutico, que é prerrogativa exclusiva do Fisioterapeuta.  Além de preparar atestados, laudos, relatórios para perícias ou encaminhamentos a outros profissionais. Exige muitas vezes até um silêncio profundo entre a consulta a anamnese e preparação cuidadosa. Visto que o trabalho do Fisioterapeuta é minucioso e de muita responsabilidade. Ele não pode delegar para leigos nenhuma conduta fisioterapêutica. Preparar um tratamento fisioterapêutico exclusivo e coerente para cada paciente é uma tarefa que exige muito estudo, muito cuidado e muita prudência.

É claro que não se aplica a profissionais Fisioterapeutas que trabalham como supervisores de estágio, onde vão ensinar aos estagiários a dinâmica deliciosa do funcionamento da Fisioterapia.

Por que resolvi fazer esse texto? Resolvi escrevê-lo não para mostrar que o Fisioterapeuta é um coitadinho, mas para mostrar que após tantos anos de estudo e dedicação esse profissional, ou seja, nós, merecemos ser valorizados por nosso trabalho e zelo com o paciente. Para isso caro colega, valorize o Referencial Nacional de Procedimentos Fisioterapêuticos que já está em vigor desde dezembro de 2014.

Até a próxima.

Dra. Amanda Damasceno Soares

Fisioterapeuta Acupunturista

Consultora em Ergonomia.

Colunista da Revista NovaFisio

Blogueira e editora do blog: Coisas de Fisioterapeuta.

FanPage: Dra. Amanda Fisioterapeuta – Coisas de Fisioterapia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.