Fisioterapeuta muda de profissão após perder 30kg

Fonte: http://g1.globo.com

Após perder 30 kg, fisioterapeuta de RO abre empresa de saladas delivery

Márcia Corsi chegou a quase 100 quilos e fez uma reeducação alimentar. Por gostar de cozinhar, mudou de profissão foi atuar no ramo gastronômico.

Adepta de uma alimentação tida como ‘mais saudável’, que exclui lactose, glúten, frituras, por exemplo, a fisioterapeuta Márcia Corsi, resolveu oferecer esses produtos para pessoas, que assim como ela, não tinham muito tempo e optavam por alimentos tipo fast food. Para isso, Márcia mudou a rotina, largando a atividade de fisioterapeuta e professora de ensino superior em uma faculdade particular de Porto Velho e começou a atuar como chef goumert, tendo como carro chefe de sua empresa, sucos e saladas. Os pedidos são feitos sob encomenda e a entrega é feita pela própria empresária. A ideia de atuar como chef goumert surgiu quando Márcia, de 1,60 metro, chegou a pesar quase 100 quilos. Ela conta que começaram a vir os problemas respiratórios, mal estar, colesterol e taxa de açúcar elevados. “Chegou o momento em que eu começava a falar na sala de aula e já estava cansada. Resolvi então procurar ajuda. Com uma nutricionista refiz meu cardápio e fiz vários testes para ver se tinha alergia ou intolerância a alguma coisa comida”, diz a empresária.

Queria comer algo que me fizesse bem e fosse gostoso

Alimentos que antes Márcia consumia e se sentia mal, foram excluídos da alimentação. E por conta disso, ela começou a buscar alternativas de cardápios. “Fiquei algum tempo comendo somente saladas, mas sempre gostei de cozinhar e fui para cozinha para experimentar. Todo dia inovava, fazia algum molho diferente para colocar na salada. Queria comer algo que me fizesse bem e fosse gostoso”, lembra que já perdeu 30 quilos com a dieta e exercícios físicos. Com as novas receitas, Márcia descobriu que tinha um vasto cardápio que incluem pães, saladas, tortas, doces, bolos, sucos e até chocolate. “Minha ideia é mostrar que todos podemos ter uma alimentação saudável. Devemos também nos permitir experimentar novos sabores, porque um pão sem glúten e sem lactose não vai ser igual a um pãozinho francês”, afirma Márcia. Além de cozinhar, Márcia recebe as encomendas e faz as entregas dos pratos que devem ser pedidos com antecedência. “Estou no começo, mostrando o meu trabalho, mostrando que podemos ter uma vida corrida e também saudável. Só precisamos nos permitir experimentar novos sabores”, diz.

Para mostrar que todos os alimentos podem ser mais saudáveis, Márcia conta como prepara uma torta de bacalhau, sem usar farinha de trigo. Para a massa, a chef usou ovos, farinha de arroz, óleo, fermento, abóbora tipo katotiã ralada com casca, e uma pitada de sal. Bate tudo no liquidificador. Para o recheio, Márcia usa bacalhau desalgado e desfiado, cebola ralada, azeite e cebolinha verde. Leva tudo ao fogo para refogar. Depois mistura na massa e leva ao forno por cerca de 40 minutos. Márcia diz que o bacalhau pode ser substituído por carne seca. “É preciso lembrar que quando você opta por uma alimentação mais saudável, o sal é reduzido e como não há conservantes, os alimentos duram menos”, finaliza.