Fisioterapeuta explica os tratamentos.

Profissional destacou que a fisioterapia trabalha em vários níveis, no mental, emocional e físico

O fisioterapeuta Marinho Alves de Lima Neto, esteve nesta semana no programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade, para falar dos atendimentos que sua área de atuação oferece atualmente.

Marinho está em Votuporanga há 36 anos, é um dos primeiros profissionais da área na cidade e o responsável pela Fisioclínica.

O profissional destacou que a fisioterapia trabalha em vários níveis, no mental, emocional e físico.

“Atuo muito no emocional das pessoas, ajudando a curar as depressões, as dores, os medos imaginários.

Oferecemos uma atividade um pouco diferenciada da área.

Os fisioterapeutas trabalham muito a musculatura, articulações, pós­-operatórios e também na prevenção, que deve ser investida hoje.

Não adianta esperar chegar a um enfarto, depressão, situação mais crítica, é preciso fazer de tudo para ter saúde plena, tranquila”,

destacou.

Para Marinho, a mesma dedicação que as pessoas têm com relação ao carro, as melhorias em sua casa, deve ser também ao seu corpo.

“A casa principal é o corpo do cidadão, que precisa ser cuidado, antes de sentir dor.

É preciso fazer avaliações corretamente, procurando um profissional que irá ajudá-­lo neste sentido”,

falou.

Um fisioterapeuta pode ajudar até mesmo a prevenir um enfarto, por exemplo.

“Além de procurar o especialista em cardiologia, a pessoa deve ir também até o fisioterapeuta porque há os trabalhos com a parte emocional, com acupuntura, osteopatia, entre outros.

Às vezes há bloqueios energéticos na parte fisiológica da pessoa e ela tem que se cuidar.

Sabemos muito bem que hoje as doenças começam no mental, no emocional, para depois chegar no físico.

A preocupação, por exemplo, devagar ela atinge o estômago, com o passar do tempo vem uma gastrite, depois, uma úlcera, daí já atingiu a matéria, mas se a pessoa fizer uma acupuntura, uma fisioterapia, um alongamento e relaxar um pouco, talvez isso não aconteça”,

destacou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.