Estudo mostra que cirurgias feitas no fim de semana são mais arriscadas para o paciente

Fonte: http://www.msn.com/pt-br/saude/saude/estudo-mostra-que-cirurgias-feitas-no-fim-de-semana-s%C3%A3o-mais-arriscadas-para-o-paciente/ar-BB5AMj1

Fazer uma cirurgia durante o final de semana pode não ser um bom negócio para o paciente. Um estudo publicado no British Medical Journal e realizado na Inglaterra pelos pesquisadores da Imperial College, de Londres, mostrou que as operações realizadas durante fins de semana oferecem mais riscos para os pacientes.

A pesquisa avaliou cerca de quatro milhões de procedimentos já realizados pelo sistema público de saúde do Reino Unido e constatou mais de 27 mil mortes em um único mês. Todas as operações analisadas estavam programadas e não apresentavam urgência.

Para os pesquisadores, o motivo de preocupação é a constatação de que o risco de morte aumenta conforme se passam os dias da semana. As pessoas que se submetem a uma cirurgia na segunda-feira apresentam 44% menos chances de morrer do que aquelas que operam numa sexta-feira, por exemplo.

Durante o fim de semana, os números aumentam ainda mais. Os procedimentos cirúrgicos realizados aos sábados e domingos apresentam 82% mais chances de risco de morte para o paciente. Segundo os especialistas, isto se dá principalmente por causa da falta de funcionários nos finais de semana prejudicando os procedimentos de pós-operatórios. Infecções e sangramentos podem ocorrer depois da cirurgia e por isso os primeiros momentos depois da operação são cruciais para a recuperação do paciente.

Para os pesquisadores da Imperial College, as taxas de mortalidade ainda são baixas, apesar da conclusão do estudo, mas alertam que os pacientes podem ficar atentos e buscar se informar se durante o fim de semana o hospital dispõe de funcionários suficientes para lidar com pós-operatórios de maneira correta.

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.