Entrevista Modelo Fernanda Schonardie

Por | Julyana Caldas

& Oston Mendes

Fernanda Schonardie é natural da cidade de Santo Ângelo, interior do RS, atualmente mora em São Paulo capital, tem 31 anos.

É gaúcha com orgulho, modelo publicitária, começou muito nova, com 11 anos participando de cursos de modelo e manequim, concursos de beleza e desfiles.

Ganhou muitos concursos de beleza e foi Miss Playboy TV Brasil e Latinas Ilustrated Internacional na cidade do México.

Formada em Publicidade e Propaganda com ênfase em marketing pela ESPM Porto Alegre, não chegou a atuar na área, pois a carreira como modelo na época já estava bem desenvolvida, mas ama tudo ligado à comunicação e publicidade principalmente a Revista NovaFisio (essa foi por nossa conta!).

Com você um pouco mais da Fernanda e como a fisioterapia entrou na vida dela.

Fernanda, como é ser modelo?

Amo meu trabalho e todos eles são especiais pra mim, foram diversas campanhas publicitárias, de moda praia, moda íntima, fitness, joias.

Para marcas como Vivo, Felitron, Skol, Brahma, Devassa, Bud Light (internacional), Conti Bier, Onodera entre outras.

Procuro me divertir em todos os trabalhos levando tudo com bom humor e profissionalismo, faço novas amizades e nunca tenho rotina!

Quando foi que você conheceu a fisioterapia? Foi por você mesma, algum amigo ou parente que precisou de atendimento?

Conheci através da minha mãe que precisou tratar o braço. É muito bacana o resultado que ela proporciona, fiquei encantada. Foi ótimo para ela ter feito.

Qual o problema que você tinha? Conseguiu resolver?

Eu tive nas mãos, acho que foi LER, pois tinha muitos trabalhos da faculdade para digitar e as dores vinham logo após.

Precisou fazer tratamento outras vezes, em outros casos ou foi só nessa vez?

Não, foi só desta vez mesmo, graças a Deus. Também nunca mais tive dores nas mãos, a tratamento foi ótimo, fiquei curada.

Quais os recursos utilizados, você lembra? Gelo, calor, agua choque etc…

Sim claro, usei muito gelo no início e depois fizemos alongamentos e até fortalecimento, deu certo. Nunca mais tive dores.

O que você mais gostava e menos gostava nas sessões de fisioterapia?

Eu achei tudo tranquilo no tratamento. E obtive um ótimo resultado por ser disciplinada nas sessões.

Qual recado você deixa para os profissionais que estão lendo a entrevista?

Que eu os  admiro muito e acho muito bacana essa área de fisioterapia onde profissionais são capacitados a diagnosticar disfunções, avaliar, reavaliar, prescrever (tratamentos fisioterapêuticos) emitir prognóstico, elaborar projetos de intervenção e decidir pela alta fisioterapêutica.

Eu precisei e amei o resultado.

Julyana Caldas | Assessora de Imprensa

(21) 98126-6211 / 98131-4110 / 99279-0466

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.