Entenda como as doenças respiratórias podem melhorar com ajuda da fisioterapia

Você deve conhecer alguém que tem alguma dificuldade em respirar bem, seja por doenças respiratórias como bronquite, asma, enfisema pulmonar ou até mesmo por doenças causadas pela poluição.

E você sabia que a fisioterapia ajuda e até trata doenças respiratórias?

A fisioterapia respiratória utiliza estratégias, exercício, posicionamento, o aconselhamento e técnicas de avaliação e tratamento, que têm como objetivo facilitar o transporte de oxigênio, contribuindo assim para prevenir, reverter ou minimizar disfunções, promovendo a melhora da ventilação pulmonar e dando a essas pessoas uma melhor qualidade de vida, além de prevenir crises respiratórias.

A higiene das vias respiratórias e as manobras utilizadas para eliminar secreções são aliadas ao tratamento, melhorando a oxigenação e a ventilação do pulmão. Com isso é aumentada a capacidade respiratória do paciente e ainda potencializa a função cardíaca e muscular.

Atenção a progressão da doença, pois ocorre uma piora da sintomatologia e da qualidade de vida destes pacientes, ocasionando limitação progressiva das atividades profissionais e de vida diária. Essa limitação pode se tornar um ciclo vicioso e evoluir até a dependência funcional do indivíduo, alterando sua vida social, econômica e emocional. E isso é bem comum de acontecer.

Quando o paciente se concientiza do tratamento, seu corpo já batalha para obter melhoras. Quando aliado à Fisioterapia, os resultados são amplamente melhores.

Fica o alerta!

Gostou? curta e compartilhe. Tem dicas também lá no instagram e facebook .

Até a próxima leitra,

Alessandra Cardoso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.