Efeitos da cinesioterapia na redução de queixas osteomusculares em trabalhadores

Efeitos da cinesioterapia na redução de queixas osteomusculares em trabalhadores de uma empresa

Introdução: Na saúde do trabalhador os distúrbios do sistema musculoesquelético tem despertado a atenção de pesquisadores preocupados com questões relativas à saúde e ao trabalho, devido aos custos gerados em virtude do afastamento do trabalhador e o impacto na qualidade de vida dos mesmos. O papel do fisioterapeuta na saúde do trabalhador atua com o foco de prevenção, sendo a cinesioterapia uma das formas de intervenção.

Objetivo: O presente estudo teve por objetivo verificar a frequência dos sintomas osteomusculares e o efeito de um programa de cinesioterapia em trabalhadores metalúrgicos da rede de uma empresa na zona urbana de uma cidade no interior do Rio Grande do Sul.

Metodologia: A presente pesquisa caracterizou-se como um estudo do tipo de corte transversal. Participaram deste estudo 14 metalúrgicos de uma empresa de Santa Maria -RS. Os dados foram coletados utilizando o Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares- QNSO- modificado e adaptado. A cinesioterapia aconteceu 1vez na semana durante 2 meses.

Resultados: Os resultados mostraram uma elevada frequência de queixas osteomusculares no período avaliado. Nos últimos doze meses as queixas relatadas foram de 43% para 86% nos últimos sete dias. Com prevalência nos últimos sete dias nas regiões: ombros (71%), parte superior das costas (86%), parte inferior das costas (86%), cotovelos (29%), cabeça/ cervical (43%) e joelhos, tornozelos e pé (14%). Sendo que as regiões da cabeça (50%), parte superior das costas (71%) e ombros (86%) são as mais prevalecentes nos últimos 12 meses. Ao serem questionados 86% relataram que as queixas aumentam durante a jornada de trabalho, todos relataram que suas queixas reduzem durante as horas de repouso, 71% relataram que suas queixas podem estar relacionadas com o trabalho. Depois da intervenção observou-se que houve uma redução de queixas principalmente na região dos ombros (43%), parte superior e inferior das costas (57%). Outros resultados satisfatórios como melhora na disposição, motivação, bem estar e relaxamento.

Conclusão:
Com a realização deste estudo foi observada que há uma alta prevalência de sintomas osteomusculares nos trabalhadores desta empresa, destacando que os ombros e a coluna vertebral- parte inferior e superior das costas apresenta-se como os segmentos corporais mais afetados. Após a intervenção da cinesioterapia laboral foi percebido que ela reduziu as queixas dos trabalhadores, sendo uma medida eficaz, promovendo o bem estar entre eles.

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

1 comentário em “Efeitos da cinesioterapia na redução de queixas osteomusculares em trabalhadores”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.