É nós na fita e na Copa mano!!!!

2014

Ah!! Que saudade de ouvir: “ -Goooooooooooool- l” !!! Do engasgo de 1994, quem não lembra? -”É teeeeeeeeeeeee……..traaaaaaaaaaaaaaaaa-”!!!! Neste ano “engolimos” mesmo o Zagallo. Que bom não? E do famoso grito: “RRRRRRRRRRRRRRRRRRRonaldinho”!!!! no ano de 2002? Tínhamos logo dois Ronaldos. Agora tenho que me contentar com a “calorosidade” de Franz Beckenbauer e Jürgen Klinsmann. Precisam ver, ou melhor ouvir, a animação dos comentários. Aguentar os Alemães cantarem que já são tetra ninguém merece; e é a mesma coisa com os imigrantes espanhóis, italianos e portugueses. Todos eles por isto ou por aquilo, acham que suas seleções são as melhores. “VAI DAR É BRASIL NA FITA!!!”- Digo sempre. Claro que estar fora do Brasil durante a copa não é só desvantagem. Como bom brasileiro que sou, a festa depois dos jogos do Brasil está garantida. Brasuca que é brasuca no estrangeiro faz batucada, sai pela rua buzinando quando vence, e claro, durante a copa dá aquela caprichada no enfeite da fachada da casa ou apartamento. Mas caso levemos em conta a possibilidade de 0,000000000000000000000000001% , que é a possibilidade de não ganharmos esta copa, sobra sempre um plano B. Pois sempre tem aquele amigo que com certeza vai te convidar pra festa dele caso o time dele vença, para mim caso sejam os Alemães ou Portugueses que cheguem lá… a festa estará garantida.
Este clima de Copa traz à tona uma rivalidade gostosa, um sentimento de patriotismo, e um orgulho escondido lá dentro do peito, orgulho este que infelizmente só mostramos ao mundo a cada quatro anos. Uma pena!!! Pois temos um país lindo, um povo maravilhoso, famoso mundialmente pela simpatia e hospitalidade, temos comida boa, temos mulheres lindas (ok apesar de eu não gostar temos uns homens até mais ou menos também, prezadas leitoras) e além é claro da nossa música que levanta até defunto. Acreditem amigo(a)s, por tudo que somos, por tudo que temos, temos que nos orgulhar trezentos e sessenta e cinco dias por ano, pois país mais lindo que o nosso e povo mais maravilhoso está pra nascer.
Mas já que falei de orgulho, nesta Copa, nós Fisioterapeutas devemos nos orgulhar mais ainda. Já viram como estamos badalados? Todos só falam em nós. Em várias seleções estamos influenciando até mesmo na escalação de muitos treinadores. Liberamos ou não os “bichados” para jogar. E vos digo que nunca vi uma Copa do Mundo com tanto craque “ferido” como esta. Soltaram a bruxa foi?
Seja o nosso carismático Júlio César ou nosso menino de ouro Kaká pelo time canarinho, ou mundo a fora: como Owen e Beckham, que desfalcam os ingleses, Nani que desfalca Portugal e Pepe que os preocupa, René Adler e Michael Balack que faltam ao time alemão, Iniesta e Senna que preocupam a Espanha, e Didier Drogba que anda tirando o sono dos marfinenses caso não seja liberado pra jogar depois de uma fratura no cotovelo. Estes são alguns exemplos fora além de muitos outros, do que acontece no futebol mundo à for a. A mídia mundial repete a palavra fisioterapia duzentas vezes por dia. Destes citados, alguns tiveram ou terão a sorte de se recuperar para jogar a copa, outros infelizmente não. Mas desta vez, nesta copa nosso trabalho e competência chegaram para serem titulares. É nós na fita mano!!! Brasil rumo ao HEXA!!!!

Dr. André Luiz de Mendonça
É Fisioterapeuta e correspondente da Revista NovaFisio na Alemanha.
Reside atualmente na cidade  de Mainz
Contato: andremendonca@hotmail.de

andre

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.