Dores e lesões causadas pelo uso excessivo do salto alto

Sportllux, da Cosmedical, é um equipamento de LED que promove ação anti-inflamatória e analgésica para atuar como coadjuvante no processo de recuperação das dores musculares e lesões osteoarticulares causadas pelo uso excessivo do salto alto.

O salto alto sempre foi visto como sinônimo de elegância e muitas mulheres fazem questão de ter a peça no guarda-roupa. Porém, o uso excessivo do salto pode não ser saudável para as pernas, coluna e articulações. “O salto alto causa uma alteração do centro de gravidade do corpo, deslocando-o para frente e sobrecarregando as musculaturas dos pés, joelhos e coluna. Como resultado surgem as dores e até problemas mais graves”, explica o fisioterapeuta José Alberto Fregnani Gonçalves. Mas já existem modos de tratar e prevenir esta condição, como é o caso do Sportllux, da Cosmedical, equipamento composto de LEDs e que faz uso da tecnologia LLLT – Low Level Light Therapy (Terapia com Luz de Baixa Potência) para conferir ação analgésica e anti-inflamatória local, promovendo melhora das dores musculares e lesões osteoarticulares causadas pelo uso excessivo do salto.

Entenda o problema – A região que mais sofre danos por conta do uso de salto alto é a coluna, mais especificamente a parte lombar, pois, como o calçado eleva muito o calcanhar e inclina o corpo para frente, a mulher tende a curvar a coluna para trás a fim de manter o equilíbrio, o que gera uma acentuação da lordose. “Além disso, esta inclinação causada pelo salto faz com que ocorra uma sobrecarga de peso na parte anterior dos pés, principalmente nas cabeças dos ossos metatarsianos, que não estão prontas para receber essa carga corporal o tempo inteiro. Esta sobrecarga causa também uma hiperpressão na articulação fêmoropatelar dos joelhos, gerando fortes dores”, completa o fisioterapeuta.

Para evitar o problema, o ideal é optar por saltos de até três centímetros, como aqueles presentes em sapatos sociais masculinos, pois estes deslocam levemente o centro de equilíbrio do corpo para frente, ativando a musculatura postural, mas sem sobrecarregá-la. “Para quem já sofre com dores e lesões nas articulações, o mais recomendado é o completo abandono do salto. Mas caso isso não seja possível, devido ao trabalho e funções do dia-a-dia, é interessante realizar um revezamento dos calçados, utilizando saltos altos e baixos para alternar o tipo de musculatura usada e evitar que os pés se acostumem somente com um único tipo de salto”, recomenda o especialista.

Já o tratamento da condição consiste principalmente na realização de sessões de fisioterapia com o objetivo de equilibrar e fortalecer a musculatura para que o corpo consiga suportar a sobrecarga de peso que ocorre quando se usa o salto alto. “Dentro da fisioterapia, utilizamos também equipamentos para tratar e desinflamar a área afetada, como o Sportllux da Cosmedical. Isso porque os LEDs presentes no produto possuem função curativa, melhorando a qualidade do tecido que está em sofrimento e ajudando-o a se regenerar, além de promover ação analgésica, sendo assim um coadjuvante importante no processo de recuperação funcional e reequilíbrio muscular”, destaca o Fisioterapeuta José Alberto.

Sportllux – Desenvolvido pela Cosmedicalo Sportllux age através de um mecanismo de ação chamado fotobiomodulação ou Low Level Light Therapy (LLLT), que tem a capacidade de transformar a energia da luz em efeito fisiológico, com cada comprimento de onda atuando em cromóforos específicos (alvos) e gerando respostas terapêuticas. Muitos autores têm relatado efeitos positivos da LLLT no reparo tecidual em lesão de nervos periféricos, principalmente pelo aumento da secreção do fator de crescimento vascular endotelial (VEGF) e fator de crescimento nervoso (NGF) bem como o efeito inibitório da inflamação por meio da redução das citocinas pró-inflamatórias. “No caso das dores musculares, o equipamento alivia a dor aumentando o consumo de oxigênio e o suprimento de sangue para os músculos e, assim, atrasa o aparecimento da fadiga muscular e pode ter uma ação protetora sobre o desenvolvimento do dano muscular induzido pelo uso excessivo do salto alto. Além disso, quando ocorre a interação da luz com os tecidos, há um aumento de ATP (energia) mitocondrial, que auxilia na contração muscular, e do óxido nítrico, que possui efeito analgésico”, explica o angiologista Dr. Álvaro Pereira de Oliveira. Se utilizado corretamente, o aparelho é capaz de aliviar a dor crônica e aguda.

Disponível em três modelos, as versões Sportllux pequeno (com 18 emissores de LED vermelho e 18 emissores de LED infravermelho) Sportllux médio (com 36 emissores de LED vermelho e 36 emissores de LED infravermelho) e Sportllux Grande (com 144 emissores de LEDs vermelho e 144 emissores de LEDs infravermelho) são ideais para tratar dores provenientes do uso excessivo do salto alto, pois foram desenvolvidos para se encaixarem perfeitamente nas articulações, costas e pernas, respectivamente. Quanto ao modo de uso para lesões, o produto deve ser utilizado duas vezes ao dia, sendo confortavelmente posicionado no local de aplicação e mantido na mesma posição durante 20 minutos, tempo de duas sessões seguidas.

Fontes:

José Alberto Fregnani Gonçalves: fisioterapeuta.

– COSMEDICAL: empresa especializada em oferecer tratamentos seguros e inovadores aos seus clientes, desde terapia capilar à recuperação de musculatura pós-esforço físico. Acostumados à alta tecnologia e a eficácia da fotobiomodulação através de LED’s, a empresa vem se tornando referência em equipamentos home care. A COSMEDICAL fabrica, comercializa e importa equipamentos para a saúde há mais de 15 anos. A eficácia e a segurança dos produtos são medidas por testes clínicos rigorosos, realizados por grandes instituições europeias e brasileiras. www.cosmedical.com.br SAC 4003-0487

– Byrnes KR, Wu X, Waynant RW, Ilev IK, Anders JJ. Low power laser irradiation alters gene expression of olfactory ensheathing cells in vitro. Lasers Surg Med. 2005; 37:161-171.

– Albertini R, Villaverde AB, Aimbire F, Salgado MA, Bjordal JM, Alves LP, et al. Antiinflammatory effects of low-level laser therapy (LLLT) with two different red wavelengths (660 and 684 nm) in carrageenin-induced paw edema. J Photochem Photobiol B. 2007; 89:50-55.

– Gao X, Xing D, Liu L, Tang Y. H-Pas and PI3K are required for the formation of circular dorsal ruffles induced by low-power laser irradiation. J Cell Physiol. 2009; 219:535-543.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.