Documento divulgado pela WCPT defende a inclusão de Pessoas com Deficiência como Fisioterapeutas

Por Geraldo Barbosa

Fisioterapeutas podem e devem fazer “esforços consideráveis” para defender a inclusão de Pessoas com Deficiência em sua própria profissão, de acordo com um novo documento divulgado pela Confederação Mundial de Fisioterapia WCPT.


O documento convoca a categoria para que assuma atitudes positivas, contando com o apoio de seus pares, educadores e empregadores; bem como, pede uma maior aceitação das pessoas com diferentes habilidades funcionais na comunidade em geral.

O acesso a Fisioterapia, Educação e Práticas para Pessoas com Deficiência foi publicado em resposta a uma moção apresentada durante Reunião Geral da WCPT, encorajando uma abordagem baseada nos direitos dos deficientes ao acesso à educação e apoio profissional.

Compilado por uma equipe de projetos e grupo consultivo de especialistas, a partir de relatórios   sobre os resultados de uma pesquisa realizada junto às organizações membros da WCPT, o documento reuniu informações sobre a educação e prática de Fisioterapeutas com deficiência. A compilação também incluiu uma revisão da literatura sobre a de
iciência, educação, emprego e prática  profissional.f

As informações e os recursos disponíveis destinam-se a apoiar as organizações membros da WCPT e seus filiados, visando implementar políticas inclusivas que estejam em consonância com as diretrizes e leis internacionais.

“Como Fisioterapeutas administramos muito bem o processo terapêutico para nossos pacientes/ clientes com deficiência, focando na prevenção”, disse Margot Skinner, Vice-Presidente da WCPT “. Mas há espaço para melhorarmos  nossa atitude ao aceitarmos a deficiência em nossa própria profissão” concluiu.

 

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

1 comentário em “Documento divulgado pela WCPT defende a inclusão de Pessoas com Deficiência como Fisioterapeutas”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.