Crescimento excessivo de pelos em mulheres tem nome: Hirsutismo

O Hirsutismo nas mulheres é o crescimento excessivo de pelos que seriam normais em partes do corpo tipicamente masculinas, como queixo, parte interna das coxas, glúteos, queixo, buço, ao redor dos mamilos e entre os seios. Costuma afetar as mulheres durante os anos férteis e após a menopausa, geralmente associado à irregularidade menstrual, alterações hormonais, infertilidade e acne.

 “O crescimento anormal de pelos também pode estar associado ao excesso de produção de hormônios masculinos, a utilização de alguns tipos de medicamentos e suplementos, por conta da Síndrome dos ovários policísticos, além de histórico familiar”, explica Newton Morais, especialista em dermatologia da Clínica Mais.

Após um diagnóstico detalhado e completo, se define qual o melhor tratamento para o Hirsutismo, que pode ser feito a partir do uso de medicamentos tópicos, com o objetivo de reduzir a velocidade do crescimento, além da remoção dos pelos. Alguns métodos podem levar ao encravamento e inflamação dos pelos, causar irritação, queimaduras, aumento de pigmento e dos pelos, além de ausência total de resultados satisfatórios. “Entre os métodos atuais, os lasers são a opção mais rápida e com resultados mais duradouros, porém a escolha do tratamento deve ser discutida com um profissional de confiança”, alerta Morais.

Máxima Assessoria de Imprensa
Tel: (11) 3283-2508
Sandra Campello – sandra@maximasp.com.br – Cel (11) 99686-4213
Mari Maellaro – mari.maellaro@uol.com.br – Cel: (11) 99686-4285

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.