Dra. Claudia Lunardi

Nesta edição tivemos a honra de entrevistar a Dra. Claudia Lunardi. 
Semana que vem, teremos uma nova entrevista.

O que fez, faz e fará pela fisioterapia.

Sou formada desde 1995 em fisioterapia, pos graduada em fisioterapia cardiopulmonar em 1999, mestre em saúde coletiva em 2007 e doutoranda pela faculdade de medicina do abc aonde sou docente e supervisora de estágio, e sempre busco me aperfeiçoar em novas técnicas, novos recursos dentro da minha área, fisioterapia cardiopulmonar adulto e pediatria, para proporcionar aos meus alunos e aos meus pacientes sempre o que há de mais atual e inovador na área
A contribuição do fisioterapeuta, sem duvidas está na ciência e na pesquisa. Participo como orientadora de tcc e iniciação científica também.

Qual ano e em qual faculdade que se formou?

1995

Porque escolheu sua área de atuação? (Pergunta da leitora Karolyne Melo)

Por ser uma área aonde obtemos uma melhora rápida do paciente e por ser também uma área bastante interessante. Nessa área de emergência e fisioterapia cardiopulmonar a rotina não acompanha o fisioterapeuta.

Qual foi a melhor coisa que fez na vida? 

Ensinar e atuar. Não há coisa mais gratificante do que trabalhar naquilo que se ama! Não vejo a hora passar!

Qual foi a pior coisa que fez na vida? 

Trabalhar com pessoas pouco comprometidas com a profissão.

Que qualidade mais admira nos profissionais que te cercam?

Determinação, dedicação pelo que fazem!

Que qualidade mais detesta nos profissionais que te cercam?

Profissionais pouco comprometidos com o paciente, e com seus colegas.

O que você mais gosta na profissão?

Ensinar e atuar.

O que você odeia na profissão?

Acredito que o fisioterapeuta possa ser melhor remunerado ainda. Estudamos e buscamos formas de aperfeiçoamento constantemente, sendo assim, há necessidade de melhores salários para que o profissional tenha tempo e condições financeiras para estudar e até mesmo fazer pesquisas! Não gosto também de ouvir de outros colegas fisioterapeutas quando menosprezam a profissão perante a estudantes que estão iniciando na área! Como sempre digo: para o bom profissional não falta emprego!

Qual seu maior arrependimento?

Não me arrependido de nada dentro da minha profissão.

Se pudesse mudar algo, o que seria?

Melhores salários para a classe.

Qual seu pior defeito?

Ser muito pontual, não gostar de nada desorganizado. Sou muito “chata” em relação ao trabalho.

Qual maior mentira já contou?

Sempre falo a verdade. A verdade sempre!

Qual fato foi mais inusitado em sua carreira?

Não me recordo.

Que talento mais gostaria de ter?

Queria saber falar mais de 3 idiomas.

Qual dica daria aos colegas?

Nunca, por mais difícil que pareça sua jornada, nunca desista dos seus sonhos! Tudo que é mais difícil de ser conquistado tem mais valor!

Qual seu maior sonho?

Dar uma palestra sobre a atuação do fisioterapeuta respiratório fora do Brasil

Qual seu maior pesadelo?

Perder a capacidade de ensinar e atender.

Qual objeto de desejo?

Concluir meu doutorado…

Qual sua aquisição mais recente?

Ser convidada para trabalhar com uma excelente equipe médica na área de doenças raras neuromusculares como fisioterapeuta respiratória (sou voluntaria), mas estou aprendendo muito!

Se não fosse fisioterapeuta gostaria de ser o que?

Dentista.

E qual profissão jamais queria ter?

Professora de matemática e fisica.

Um livro?

Todos que falam da minha área
Gosto demais dos da coleção do George Sarmento

Qual colega você gostaria de ver na próxima entrevista e porque?

Adriana Paulino

Quer fazer alguma divulgação?

Não.

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

1 comentário em “Dra. Claudia Lunardi”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.