NovaFisio

ATENDIMENTO DOMICILIAR – O PACIENTE GERIÁTRICO

1.Introdução A medida que indiscutivelmente a população envelhece, fenômeno global e não exclusivamente nacional, as necessidades de atenção à saúde do idoso se tornam mais importantes não só para garantir qualidade de vida dos anos ganhos com o aumento da expectativa de vida, mas para aliviar o já sobrecarregado sistema público de saúde. É bem …

ATENDIMENTO DOMICILIAR – O PACIENTE GERIÁTRICO Leia mais »

ARRITMIAS CARDÍACAS

As arritmias, também chamadas disritmias cardíacas, surgem quando há alterações na formação e/ou condução do estímulo elétrico cardíaco, resultando em redução do fluxo sangüíneo para as células. As arritmias cardíacas originam-se normalmente no nódulo sinusal, que funciona como marcapasso normal do coração por ser a parte do sistema condutor que possui a maior velocidade de …

ARRITMIAS CARDÍACAS Leia mais »

ANÁLISE DAS POSTURAS CRÍTICAS DE CIRURGIÕES-DENTISTAS

Autores: Eliziane Nitz de Carvalho Tatiane Duarte Martins RESUMO De acordo com várias literaturas, a incidência de dor nos segmentos da coluna, principalmente cervical e lombar, é grande. Com esta pesquisa, procurou-se analisar as possíveis causas deste conjunto de sintomas observando as atividades de cirurgiões-dentistas em um posto de trabalho da cidade de Balneário Camboriú, …

ANÁLISE DAS POSTURAS CRÍTICAS DE CIRURGIÕES-DENTISTAS Leia mais »

ALTERAÇÕES POSTURAIS E DESORDENS TEMPOROMANDIBULARES, ARTIGO DE REVISÃO

POSTURAL ALTERATIONS And TEMPOROMANDIBULAR DISORDERS, REVISION ARTICLE Paulo Antonio Gomes, Fisioterapeuta graduado pela UNIARARAS, aprimorado em Reeducação Postural Global (RPG). Fisioterapeuta da clínica BIOFISIO. Contatos: 19-3542-6498/ 9736-9855 e-mail: paulofisio_1@hotmail.com, paulofisioararas@gmail.com, pauloantoniogomes@yahoo.com.br Resumo O estudo das Desordens Temporomandibulares (DTM) envolve polêmicas e desacertos e, diante da vasta sintomatologia torna-se impossível seu tratamento sem uma visão global …

ALTERAÇÕES POSTURAIS E DESORDENS TEMPOROMANDIBULARES, ARTIGO DE REVISÃO Leia mais »

ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NAS COMPLICAÇÕES RESPIRATÓRIAS SECUNDÁRIAS À DISTROFIA MUSCULAR PROGRESSIVA DE DUCHENNE

Autor: Ft. Pericles Weyne de Morais Silva Graduado em Fisioterapia pela Universidade Estadual da Paraíba – UEPB As Distrofias Musculares Progressivas (DMP) pertencem ao grupo de afecções musculares primitivas (Miopatias) que destroem a estrutura ou o funcionamento das fibras musculares esqueléticas independentemente do comprometimento nervoso; resultam da incapacidade de se manter, durante a vida, a …

ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NAS COMPLICAÇÕES RESPIRATÓRIAS SECUNDÁRIAS À DISTROFIA MUSCULAR PROGRESSIVA DE DUCHENNE Leia mais »

ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NA SÍNDROME DE MOEBIUS

Por: Vivianne Lins de H. Coelho Introdução Esta Síndrome foi inicialmente descrita por Von Graefe em 1880 e, em 1892, Moebius reuniu e descreveu 44 casos, motivo pelo qual a síndrome recebeu seu nome. Ela é considerada rara. Caracteriza-se por paralisia de nervos cranianos, levando à uma paralisia parcial periférica ( sendo o VII par …

ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NA SÍNDROME DE MOEBIUS Leia mais »

A OFICINA TERAPÊUTICA NA ATENÇÃO E NO CUIDADO FISIOTERAPÊUTICO AO IDOSO INSTITUCIONALIZADO

• Angela Cristina Ferreira da Silva • Miriam Beatris Fröeming • Kassiele Ruschel – Caline Menegaz – Adália Pinheiro – Gustavo Estivalet – Bárbara Pedrali Sabe-se hoje que a velhice não implica necessariamente doença e afastamento, que o idoso tem potencial para mudança e muitas reservas inexploradas. Assim, os idosos podem sentir-se felizes e realizados …

A OFICINA TERAPÊUTICA NA ATENÇÃO E NO CUIDADO FISIOTERAPÊUTICO AO IDOSO INSTITUCIONALIZADO Leia mais »

A MANOBRA DE VIBROCOMPRESSÃO TORÁCICA PODE OCASIONA REFLUXO DA DIETA ENTERAL NOS PACIENTES SOB VENTILAÇÃO MECANICA?

Armando Carlos Franco de Godoy Ronan José Vieira Maria Isabel Pedreira de Freitas Ceribelli INTRODUÇÃO Sabe-se que durante a anestesia geral, a pressão de fechamento do esfíncter esofágico superior decresce, de aproximadamente 51 para 8 cm H2O e o esfíncter esofágico inferior, de aproximadamente 35 para 29 cm H2O. Esta situação pode diminuir a propriedade …

A MANOBRA DE VIBROCOMPRESSÃO TORÁCICA PODE OCASIONA REFLUXO DA DIETA ENTERAL NOS PACIENTES SOB VENTILAÇÃO MECANICA? Leia mais »