Atuação do fisioterapeuta no tratamento da fibrose pós lipoaspiração

Se estudarmos a fundo a fibrose em sua composição histológica, veremos que ela é formada por excesso de tecido cicatricial, logo, tecido cicatricial é composto principalmente por colágeno do tipo I.  Esses tecidos aparecem após uma forte agressão na derme e hipoderme, como forma de “cobrir” os espaços que foram lesionados por retirar a gordura. A principal célula que faz o reparo da lesão é o fibroblasto, responsável por produzir colágeno para reparar a lesão. Aparelhos como ultrassom e carboxiterapia (muito utilizados nos tratamentos do pós operatório) estimulam colágeno, logo, pode estimular mais a formação de tecido cicatricial, surgindo fibroses.
A Drenagem linfática manual por si só não tem a capacidade de tratar a fibrose. Ela apenas fará a redução do edema. Se a paciente passar por um reparo (nova lipo) tentando quebrar esses tecidos cicatriciais, o corpo reagirá formando mais fibroses, pois sofrerá nova lesão. Não é por esse caminho que se trata fibrose.
Novas pesquisas abordam a terapia manual como o tratamento mais indicado no pós operatório imediato (na primeira semana), sem o uso de equipamentos. Forças mecânicas específicas nos tecidos promovidas pela terapia manual desde a primeira fase de cicatrização são extremamente benéficas, pois reduzem a resposta inflamatória e estimulam a organização da deposição de colágeno, evitando ou tratando fibroses e aderências, favorecendo todo o processo de cicatrização.
PÓS OPERATÓRIO NÃO É TRATAMENTO ESTÉTICO. É UM CONJUNTO DE PROCEDIMENTOS QUE ENVOLVEM A RECUPERAÇÃO FUNCIONAL TECIDUAL E GERAL. ISSO É FISIOTERAPIA!

Dra. Glória Lourenço – CREFITO 2/ 180728-F
Fisioterapeuta pós-graduada em Fisioterapia Dermatofuncional.
Membro Especialista da Associação Brasileira de Fisioterapia Dermatofuncional – ABRAFIDEF.
Título de Especialista em Fisioterapia Dermatofuncional – ABRAFIDEF e COFFITO.
Colunista da Revista Eletrônica NovaFisio.
Diretora do departamento de Fisioterapia Dermatofuncional da Associação dos Fisioterapeutas do Estado do Rio de Janeiro – AFERJ.
Ministrante de cursos para fisioterapeutas na área de Dermatofuncional
Coordenadora do curso de pós graduação em Fisioterapia Dermatofuncional da Faculdade Bezerra de Araújo.Contato: (21) 98567-1443

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

1 comentário em “Atuação do fisioterapeuta no tratamento da fibrose pós lipoaspiração”

  1. Texto sempre igual, parece que copiam tudo da Mariane Altomare….sementinhas que não pensam, só copiam! Será que tratar fibrose virou novidade? Tão antigo, parece que não passaram pela área de traumato-ortopedia, nunca viram um pós operatório…kkk.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.