Arrascaeta inicia fase de transição da fisioterapia para a preparação física

Em meio a um ambiente de pressão, o Cruzeiro comemora a proximidade do retorno de um atleta importante.

Depois de lamentar a perda do armador Robinho, lesão na coxa esquerda e ausência por seis semanas, o técnico Mano Menezes pode ter em pouco tempo o meia-atacante Arrascaeta. O uruguaio iniciou fase de transição da fisioterapia para a preparação física.

O Cruzeiro comunicou a lesão de Arrascaeta no dia 29 de maio. Ele sofreu uma torção no joelho direito no jogo contra o Santos, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O clube divulgou o tempo de recuperação de até dois meses. Ou seja, até o fim deste mês. Mas o armador demonstra evolução e pode voltar antes do previsto.

O motivo da lesão de Arrascaeta revoltou os dirigentes do Cruzeiro. A torção foi detectada após uma “tesoura” por trás aplicada pelo colombiano Copete, jogador do Santos, aos 12 minutos do segundo tempo da partida. O uruguaio até tentou permanecer em campo, mas deixou o jogo na maca e foi substituído por Thiago Neves. Depois do duelo, o departamento jurídico da Raposa foi ao STJD buscar uma punição para o atleta santista.

A lesão já fez o meia-atacante perder dez partidas: Chapecoense (Copa do Brasil e Brasileiro), Bahia, Atlético-GO, Corinthians, Grêmio, Ponte Preta, Coritiba, Palmeiras e Atlético.

Assim como Arrascaeta, Raniel, Manoel e Judivan também estão na fase de transição.

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.