Dr. Armand Angibaud

Quem é, o que faz |
Fisioterapeuta e fasciaterapeuta francês, residente no Brasil, onde desenvolve o método da fasciaterapia desde 2005, como terapeuta e formador. A fasciaterapia é uma técnica que faz parte da fisioterapia esportiva na França e em Portugal.
O contato com profundidade em relação às fáscias e o domínio desse universo, revelou a ele importantes aspectos referente à harmonia do movimento, a postura e a mobilidade articular, nos processos bioquímicos e de percepção. A fasciaterapia é adotada como importante aliada no tratamento fisioterápico e permite ao profissional da área uma expansão na prática de seu trabalho.
Armand trabalha com o método da fasciaterapia desde sua origem com o seu fundador, o fisioterapeuta e osteopata Dr. Danis Bois, e participa da construção do método que se tornou uma abordagem completa (terapêutica e educativa) em constante evolução. Também é integrante do centro de Pesquisas Acadêmicas na Universidade Fernando Pessoa, em Portugal, (www.cerap.org), onde é mestrando. “Tive um consultório na França durante quarenta anos e trabalhei com fisioterapia clássica, osteopatia, balneoterapia, eletroterapia, drenagem Vodder, Kabat, Feldenkrais, cadeias musculares de Mme Struyff, massagens reflexos. Desde 1982 me dedico ao método da fasciaterapia. Além disso, também me tornei pedagogo, formador desde suas
primeiras turmas e continuo ministrando formações, atividade que gosto muito.”


Qual ano e em qual faculdade que se formou?
1966, École St. Michel – Paris – França.

Qual foi a melhor coisa que fez na vida?
A descoberta da fasciaterapia como método de trabalho é uma paixão em minha vida.

Qual foi a pior coisa que fez na vida?
Passei muito tempo envolvido em métodos com uma visão mecanicista.

O que você mais gosta na profissão?
Gosto da aprendizagem constante que essa área proporciona.

O que você odeia na profissão?
A visão limitada que se tem do corpo.

Que qualidade mais admira nos profissionais que te cercam?
A capacidade de dedicação ao paciente.

Que qualidade você mais detesta nos profissionais que te cercam?
A falta de empenho na busca do autoconhecimento.

Qual sua maior virtude?
A tenacidade.

Qual seu pior defeito?
Não tenho tino comercial.

Se pudesse mudar algo, o que seria?
Estaria ao mesmo tempo nos encontros de pesquisa na Europa e aqui no Brasil implantando o método da fasciaterapia.

Qual maior mentira já contou?
Atender um paciente em fase terminal e feito ele acreditar em sua recuperação.

Qual fato foi mais inusitado em sua carreira?
Curar uma criança com diagnóstico hiperativo em apenas uma sessão.

Qual fato foi o mais cômico?
Uma paciente na primeira sessão me disse:
“Ah não! Mais um tratamento esotérico!
Isso não vai funcionar!”. Ela já havia passado por uma “via sacra” de tratamentos por causa de dores persistentes, e não podia acreditar que um tratamento tão sutil poderia fazer efeito. Resultado: esta paciente foi curada e tornou-se minha mulher.

Qual seu maior arrependimento?
Não ter começado a ensinar a fasciaterapia mais cedo.

Qual dica daria aos colegas?
Ver o paciente numa globalidade e não apenas como um corpo com um sintoma.

Qual objeto de desejo?
Organizar o primeiro centro de fasciaterapia no Brasil.

Qual sua aquisição mais recente?
Um Mestrado na Europa, na Universidade Fernando Pessoa, Portugal.

Qual seu maior sonho?
Harmonia em todos os campos da minha vida.

Qual seu maior pesadelo?
Uma sociedade desumana.

Que talento mais gostaria de ter?
Atrair multidões.

Se não fosse fisioterapeuta gostaria de ser o que?
Escritor viajante.

E qual profissão jamais queria ter?
Advogado.

Diga um desafio?
Desenvolver a fasciaterapia no Brasil.

Um livro?
“O Eu renovado” (Danis Bois) ed. Ideias e letras.

Quer fazer alguma divulgação?
Gostaria de convidar os fisioterapeutas e alunos para o workshop:
Liberação da cintura escapular, sábado 27 de novembro, em São Paulo;
E também para visitarem o site: fasciaterapia.com.br

Armand Angibaud
armand@fasciaterapia.com.br

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.