ALÍVIO IMEDIATO DA DOR EM PACIENTE COM NEURALGIA DO TRIGÊMEO UTILIZANDO A ACUPUNTURA E A CARBOXITERAPIA: RELATO DE CASO

Nova Fisio, Revista Digital. Rio de Janeiro, Brasil, Ano 15, nº 88, Set/Out de 2012. https://www.novafisio.com.br

Alívio imediato da dor em paciente com Neuralgia do Trigêmeo utilizando a Acupuntura e a Carboxiterapia: relato de caso

IMMEDIATE RELIEF OF PAIN IN PATIENTS WITH TRIGEMINAL NEURALGIA USING ACUPUNCTURE AND CARBOXITERAPIA: A CASE REPORT

Cristine Keller Silva De Lima Cota

Graduada em Fisioterapia pela FRASCE; Pós graduada em Acupuntura e Eletroacupuntura pela ABACO: cristine.cota@gmail.com

Revisado por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@yahoo.com.br)

Nova Fisio, Revista Digital. Rio de Janeiro, Brasil, Ano 15, nº 88, Set/Out de 2012. https://www.novafisio.com.br

Resumo

A Neuralgia do Trigêmeo é uma síndrome de dor crônica, caracterizada por paroxismos de dor intensa, ocorrendo, na maioria das vezes, em áreas de maior sensibilidade da face como ao redor das narinas, da boca e da mandíbula. A neuralgia do trigêmeo é mais debilitante forma de neuralgia facial, apresentando dor lancinante de curta duração, desde alguns segundos até minutos, intercalada por pequenos períodos de alívio. A causa mais comum da neuralgia do trigêmeo é a compressão focal da raiz do nervo trigêmeo. A farmacoterapia é a primeira escolha de tratamento para sua dor. Nos casos onde a terapia medicamentosa é contra-indicada ou não funciona satisfatoriamente, o tratamento cirúrgico pode ser cogitado. Uma alternativa não farmacológica e não cirúrgica para seu tratamento é a acupuntura, técnica que utiliza agulhas finas inseridas em pontos específicos do corpo. Já a carboxiterapia é uma técnica onde se utiliza o gás carbônico (CO2) em seu estado gasoso, injetado no tecido subcutâneo através de uma agulha muito fina, resultando em importantes efeitos fisiológicos como a melhora da circulação e oxigenação dos tecidos. O objetivo deste trabalho é o de relatar os efeitos imediatos da acupuntura tradicional chinesa adjunto à carboxiterapia no tratamento álgico da Neuralgia do Trigêmeo.

Palavras-chave: Acupuntura. Neuralgia do trigêmeo. Carboxiterapia. Carboxipuntura.

Abstract

The Trigeminal neuralgia is a chronic pain syndrome characterized by paroxysms of excruciating pain, occurring most often in areas of greatest sensitivity of the face such as around the nose, mouth and jaw. Trigeminal neuralgia is the most debilitating form of facial neuralgia, featuring searing pain of short duration, from a few seconds to minutes, interspersed with short periods of relief. The most common cause of trigeminal neuralgia is the focal compression of the trigeminal nerve root. Pharmacotherapy is the first choice of treatment for your pain. In cases where drug therapy is contraindicated or not operating satisfactorily, surgery may be considered. An alternative non-pharmacological and non-surgical treatment is acupuncture, a technique that uses fine needles inserted into specific points on the body. Already carboxiterapia is a technique which uses carbon dioxide (CO2) in its gaseous state, injected into the subcutaneous tissue through a very fine needle, resulting in important physiological effects such as improved circulation and tissue oxygenation. The objective of this study is to report the immediate effects of traditional Chinese acupuncture carboxiterapia adjunct to the treatment of pain Trigeminal Neuralgia.

Keywords: Acupuncture. Trigeminal neuralgia. Carboxytherapy. Carboxypuncture.

Introdução

A Neuralgia do Trigêmeo (NT) é uma síndrome de dor crônica, caracterizada por paroxismos de dor intensa, ocorrendo, na maioria das vezes, em áreas de maior sensibilidade da face como ao redor das narinas, da boca e da mandíbula, fazendo com que o paciente evite tocar a face, lavar o rosto, morder, mastigar, falar ou qualquer outra manobra que estimule essas áreas (NOGUEIRA, 2002; LEWIS, 2007).
A dor é descrita como “pontada”, “latejante”, “queimação” ou “choque elétrico” e costuma apresentar duração curta, desde alguns segundos até minutos, intercalada por pequenos períodos de alívio. Este período de remissão da dor pode decrescer gradualmente, gerando um aumento da frequência das crises e da intensidade da dor (NOGUEIRA, 2002; FRIZZO, 2004).
A dor geralmente é unilateral, acometendo com maior constância o ramo maxilar (V2), que atravessa o forame redondo e carreia sensibilidade da pele e tecido subcutâneo do lábio superior, asa do nariz, bochecha, pálpebra inferior, região temporal, mucosa do véu do palato, abóbada palatina, tonsila, seio maxilar, fossa nasal, gengiva, polpas dentárias superiores, periósteo da órbita e dura-máter da fossa cerebral média (FRIZZO, 2004).
A NT é mais debilitante forma de neuralgia facial, mas é relativamente incomum, com uma incidência anual de 4,3 por 100.000 pessoas, com discreta predominância no sexo feminino (3:2). Manifesta-se geralmente em pacientes com mais de 30 anos, sendo que o pico de aparecimento é de 60 a 70 anos de idade (ALVES, 2004; OLIVEIRA, 2009).
A causa mais comum é a compressão focal da raiz do nervo trigêmeo, responsável por 80 a 90% dos casos. Em poucos casos, por doenças desmielinizantes e, em casos raros, por infiltração tumoral. Restam alguns casos onde a etiologia é desconhecida (LOVE, 2001).
A farmacoterapia é a primeira escolha de tratamento para a dor da NT. Medicamentos anticonvulsivantes como a carbamazepina (200–1200 mg/dia) e a oxcarbazepina (600–1800 mg/dia) mostram-se eficazes no controle da dor (ALVES, 2004; CRUCCU, 2008).
Nos casos onde a terapia medicamentosa é contra-indicada ou não funciona satisfatoriamente, o tratamento cirúrgico pode ser cogitado. Apesar de existirem várias técnicas cirúrgicas, ainda não há evidência clínica suficiente sobre sua efetividade (CRUCCU, 2008). Uma alternativa não farmacológica e não cirúrgica para seu tratamento é a acupuntura (TIAN, 2010).
A acupuntura é uma técnica de inserção de agulhas finas em pontos específicos do corpo – pontos de acupuntura –. É parte integrante da Medicina Tradicional Chinesa, baseada na teoria do Qi (VANDERPLOEG, 2009).
De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa, a NT pode ser ocasionada pela invasão externa do Vento-Calor ou Vento-Frio na região da face. O Vento Perverso pode alojar-se nos canais e colaterais da face, impedindo o fluxo livre do Qi e Xue, desencadeando a neuralgia. Também pode ter origem interna pela dieta inadequada, pelas sete emoções e pela deficiência causada pelo envelhecimento. O tratamento envolve o uso de pontos locais e sistêmicos com o uso de técnica de sedação ou tonificação, de acordo com cada caso (FLAWS, 2005).
A carboxiterapia é uma técnica onde se utiliza o anidro carbônico (gás carbônico ou CO2) em seu estado gasoso, injetado no tecido subcutâneo através de uma agulha muito fina, resultando em importantes efeitos fisiológicos como a melhora da circulação e oxigenação dos tecidos (GOLDMAN, 2006).
O uso medicinal do CO2 teve início na década de 30, na França, onde banhos secos ou de imersão em água carbonada foram usados para o tratamento de arteriopatias periféricas. Em 1953, o cardiologista Jean Baptiste Romuef publicou um estudo sobre seus 20 anos de experiência em tratamentos com injeções subcutâneas de CO2. Desde então, a carboxiterapia vem sendo amplamente pesquisada e utilizada em medicina estética, cirurgia plástica, angiologia, reumatologia, urologia e dermatologia (GOLDMAN, 2006; SCORZA, 2008).
O CO2 é um gás inodoro, incolor, e atóxico, presente no organismo humano como resultado do metabolismo oxidativo celular, sendo sua maior parte eliminada pelos pulmões durante a respiração. Atualmente, a administração do CO2 pela via subcutânea é feita diretamente nas áreas afetadas através de um equipamento capaz de controlar o fluxo injetado por minuto e o volume total injetado. Devido ao seu alto poder de difusão, o CO2 é rapidamente absorvido e eliminado, reduzindo o risco de embolia gasosa fatal. Os efeitos colaterais relatados em literatura são: dor durante o tratamento, sensação de crepitação no local da aplicação e pequenos hematomas decorrentes da punção (GOLDMAN, 2006; SCORZA, 2008).
Este trabalho se propôs a relatar os efeitos imediatos da acupuntura tradicional chinesa adjunto à carboxiterapia no tratamento álgico da NT.

Materiais e métodos

Relato do Caso

Uma paciente de 38 anos, diagnosticada com NT por neurologista há 3 meses e tratada com fenitoína, carbamazepina, morfina e fentanila, sem sucesso no alívio da dor. Procurou a acupuntura para tratamento de uma crise aguda de dor. A paciente queixava-se de dor na região maxilar com sensação de pontada constante, com sensibilidade à palpação, principalmente no ponto de acupuntura E6 (JIACHE), no lado direito.
A avaliação da intensidade da dor foi feita usando-se uma escala verbal-numérica, onde o paciente classifica sua dor quanto à intensidade da sensação, variando de 0 (sem dor) até 10 (a pior dor possível). Relatou a dor como sendo 10. No momento do atendimento fazia uso de carbamazepina 200 mg/dia.
Seu diagnóstico, segundo os princípios da medicina tradicional chinesa, foi severa Estagnação de Qi, agravada pela invasão de vento-frio, acometendo o meridiano do estômago. O tratamento por acupuntura foi realizado em uma única sessão, com o uso de 5 agulhas descartáveis de aço inoxidável de 25mm x 30mm (HANSOL®, Coréia do Sul). Os pontos sistêmicos utilizados foram Yintang, IG4 (Hegu) bilatral e F3 (Taichong) bilateral. As agulhas foram inseridas perpendicularmente nos pontos F3 e IG4, em profundidade aproximada de 0,5 a 1 cun. Em Yintang a inserção foi obliqua a aproximadamente 0,5 cun. Após a inserção, as agulhas foram manipulas obtendo-se a sensação do deqi, relatado pela paciente como um “choque irradiado, em IG4 e F3. Um estímulo de sedação foi aplicado em todas as agulhas, com giro rápido repetidas vezes em sentido anti-horário. Agulhas foram deixadas por 20 minutos e então, retiradas.
Com as agulhas ainda inseridas, foi injetado localmente CO2 no ponto E6 do lado direito por 10 segundos, com fluxo de 60 mg, através do aparelho CARBOXIDE CONTROL®. (Biosani indústria e comércio de produtos médicos e odontológicos ltda., 2009, Brasil, registro ANVISA 8028600000).
O diagnóstico energético e o tratamento foram feitos por uma acupuntora com um ano de experiência em acupuntura e em carboxiterapia.

Resultados

A paciente foi liberada para casa e contatada por telefone. Após 6 horas apresentava melhora, relatando dor de grau 5 na escala verbal-numérica. Após 12 horas do tratamento, relatou não sentir dor alguma (grau 0 na escala verbal-numérica). Novo contato telefônico foi feito oito meses após o tratamento, por questão de acompanhamento, no qual a paciente relatou que não sentiu mais a dor da NT nesse período, tendo, inclusive parado com a medicação.

Discussão

O ponto E6, além de ser o ponto Ashi na paciente, foi eleito para uso da carboxiterapia por ser um ponto gatilho no masseter; ser ponto de cruzamento com canal de energia da VB; beneficiar o maxilar e os dentes; dispersar o vento, acalmar a dor e, principalmente por tornar permeável o canal de energia. Sendo assim, a aplicação do gás carbônico neste ponto, reuniu todas as indicações necessárias para o alívio da dor, trazendo um conforto para a paciente que nenhum tratamento havia conseguido até o momento. Yintang, IG4 (bilateral) e F3 (bilateral) foram usados para promover a circulação de Qi.
O quadro de Estagnação de Qi severa foi agravado pela invasão de vento frio devido ao fato de a paciente ser médica de Centro de Terapia Intensiva (CTI) e estar exposta ao frio por muitas horas.

A paciente tem hábitos de sono irregular por excesso de trabalho devido a diversos plantões semanais em CTI. O seu ambiente de trabalho contribui para um excesso de atividade mental por lidar com diversos pacientes em estado grave.  Devido a esse quadro, a paciente possui deficiência de Qi e Xue que causou uma estagnação severa.
O resultado alcançado faz coro à literatura, já que o efeito energético do CO2 (gás yang) promove a circulação local, demonstrado por calor e rubor. A promoção de circulação de sangue, fisiologicamente promove o aumento da circulação local, facilitando a liberação d
Uma possível explicação para os efeitos da Carboxi seria alívio por descompressão local, que do ponto de vista da Medicina Tradicional Chinesa, pode ser calor e rubor comparável a moxa, de forma profunda, promovendo a expulsão do vento frio através de um mecanismo mais profundo.
Isto se mostrou amplamente satisfatório, divulgando que o efeito foi muito melhor do que os artigos amplamente pesquisados em literatura em que em nenhum deles foi mostrado que o paciente pode ter melhorado em apenas uma sessão.

Considerações finais

No caso relatado, a acupuntura e a carboxiterapia em ponto de acupuntura se mostraram eficazes no alívio da dor da neuralgia do trigêmeo a curto e longo prazo.

Referências bibliográficas

ALVES, T.; AZEVEDO, G; CARVALHO, E. Tratamento Famacoló-gico da Neuralgia do Trigêmeo: Revisão Sistemática e Metanálise. Revista Brasileira de Anestesiologia, v.54, n.6, p.836-849, novembro-dezembro 2004.

CRUCCU, G. et al. AAN-EFNS guidelines on trigeminal neuralgia management. European Journal of Neurology, v.15, n.10, p.1013–1028, oct. 2008.

FLAWS, B; SIONNEAU, P. The Treatment of Modern Wester Medical Diseases with Chinese Medicine. 2nd ed. Boulder: Blue Poppy Press, 2005, cap.77, p.539-546.

FRIZZO, H; HASSE, P; VERONESE; R. Neuralgia do trigêmeo: revisão bibliográfica analítica. Revista de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, v.4, n.4, p.212-217, out./dez. 2004.

GOLDMAN, M.P. et al. Cellulite – Pathophysiology and Treatment. New York: Taylor & Francis, 2006, cap.13, P.197-208.

LEWIS, M. et al. Management of neuropathic orofacial pain. Oral. Surg. Oral. Med. Oral. Pathol. Oral. Radiol. Endod., v.103, suplemento, p.S32.e1-S32.e24, mar. 2007.

LOVE, S; COAKHAM, H. Trigeminal neuralgia pathology and pathogenesis. Brain, v.124, n.12, p.2347-2360, dec. 2001.

NOGUEIRA, R; COSTA, F. Neuralgia trigeminal: revisão da literatura e relato de caso clínico. Jornal Brasileiro de Oclusão, ATM e Dor Orofacial, Curitiba, v.2, n.5, p.70-74, jan./mar. 2002.

OLIVEIRA, C. et al. Neuralgia do trigêmeo bilateral. Relato de caso. Revista Brasileira de Anestesiologia. v.59, n.4, julho-agosto 2009.

SCORZA, F; BORGES, F. Carboxiterapia: uma revisão. Revista Fisioterapia Ser, v.3, n.4, out/nov/dez, 2008.

TIAN, L. A survey on acupuncture treatment of trigeminal neuralgia. J. Tradit. Chin. Med. v.30, n.1, p.68-76, mar. 2010.

VANDERPLOEG, K; YI, X. Acupuncture in Modern Society. J. Acupunct. Meridian Stud. v.2, n., p.26−33, mar. 2009.

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

79 comentários em “ALÍVIO IMEDIATO DA DOR EM PACIENTE COM NEURALGIA DO TRIGÊMEO UTILIZANDO A ACUPUNTURA E A CARBOXITERAPIA: RELATO DE CASO”

  1. olegario de azeredo

    Gostei muito pois tenho esta doença cronica mas não conheço nem um profissional nesta área moro em São Paulo tem algum contato
    obrigado

    1. Prezado Olegário ,minha irmã sofre de fortes dores devido a NEURALGIA DO TRIGÊMEO , você procurou a senhora Cristine , ou ela entro em contato com você ? você fez algum tratamento com ela ? obteve algum resultado ? por favor preciso de alguma orientação , desde já agradeço.
      Mario ( mariovasco58@yahoo.com.br)

    2. OLA CARMEM MEU NOME É CRISTIANE TAMBEM SOFRO COM O MESMO PROBLEMA. SEU MARIDO HOJE ELE NAO SENTE MAIS NADA. NAO VOLTOU MAIS. GOSTaria de saber se hoje ele nao sofre mais deste problema. Poderia me responder por favor
      Obrigada

  2. Rose Perigo

    Minha mãe sofre de NT a vinte anos, várias cirurgias sem sucesso, moro em Limeira/SP e gostaria de saber se há algum profissional nesta área que possa atendê-la.
    Grata.

    1. BRUNA ROSSINIA

      BOA TARDE MINHA SOGRA TEM ESTA DOENÇA HÁ 15 ANOS E JÁ FEZ VARIAS CIRURGIAS E FAZ TRATAMENTO PARA ALIVIAR AS DORES QUE SÃO TERRIVEIS !!!
      MORAMOS EM LIMEIRA TAMBEM LÁ VOCÊ CONSEGUE AJUDA COM A NEUROLOGISTA DA MEDICAL – SANDRA GLUGGI – MEDICAMENTO QUE MINHA SOGRA TOMA: CARBAMAZAPINA E BROMAZEPAN 3MG
      ESPERO AJUDAR DESTA FORMA OK.
      AT
      BRUNA

  3. minha esposa esta com esta doença moro em porto velho rondonia exister algum profissional nesta area aq no estado pois ela esta em criser por isso não pode viajar por favor me ajude

    1. gil vicente da silva

      Luiz Bom Dia,
      Meu nome é Gil e moro em Porto Velho também, minha filha está com essa dor estamos buscando a cura entra em contato.
      Tel. 8427-9670

  4. maria cristina braga de almeida

    Gostaria de me consultar com a profissional em questäo, poderiam me enviar o contato dela?

  5. Renata Vieira

    Meu nome é Renata. Depois de muitos anos com dor, a seis meses fui diagnosticada com NT. Faço uso de vários remédios e ainda não apresento melhora. Estou em crise constantemente. Por favor, agradeço informarem um profissional no Rio de janeiro para o tratamento de acupuntura.

    Obrigada.
    Renata Vieira

  6. maria Assunçao oliveira cota

    Minha mae esta sofrendo muito com essa dor se a algum tratamento para essa doença pir favor me ajude minha tem 75 anos e esta sofrendo muito somos de familia humilde sem condiçoes financeiras para fazer esse tratamento estou pedindo ajuda ,se existe algum proficional mesmo que possa ajuda-la por favor .Estou sofrendo muito de ver o sofrimento de minha mae.

  7. octavio gomes

    Foi me diagonisticado essa doença mas neste momento as dores dapreceram a única coisa que tenho são tonturas pois mal posso anda que. Sinto que vou cair e pelo que tenho lido sou o único que tenho estes sintomas começo a desesperar pois não consigo ficar em pé e os médicos nada me dizem

  8. Manoel Xavier

    Minha mãe foi diagnosticada com essa doença, moramos em SP, gostaria de saber se há algum profissional nesta área que possa atendê-la.

    1. Carmen Lucia Chagas de Almeida

      Meu esposo teve esse problema e se curou com acupuntura. o Técnico é de origem nipônica e estudou no Japão. Mora em São Paulo e já curou muitos amigos com problemas de coluna, joelho e nevralgia do trigêmeo. Os interessados podem entrar em contato comigo.

      1. Roberto Mitsuo Tabuti

        Carmem, bom dia !!!
        Minha mãe mora no interior de São Paulo e sofre com esta dor, causada pela Neuralgia do Trigemeo. Pode me passar o nome, endereço e telefone deste acupunturista ?!

      2. Gostaria de saber sobre esse tratamento e o nome do profissional……meu Marido sofre constantemente com essa dor, principalmente porque moro numa cidade onde o frio e maior, que o calor…e o endereço desse profissional, como podemos contatar…o nome dele é José de Almeida…
        gostaria de saber como poderemos nos comunicar…

      3. Gostaria de saber sobre esse tratamento e o nome do profissional……meu Marido sofre constantemente com essa dor, principalmente porque moro numa cidade onde o frio e maior, que o calor…e o endereço desse profissional, como podemos contatar…o nome dele é José de Almeida…
        gostaria de saber como poderemos nos comunicar…aguardo resposta por gentileza e muito agradecida

      4. laura narciso

        Ola vi seu comentario e gostaria de saber se poderia me passar os contatos do tecnico que curou a nevralgia do trigemeo de seu esposo.minha mae sofre com este problema a 3 anos,e vem piorando,preciso urgente ajuda-la ela tem 74 anos e somos ela,eu e meus filhos,preciso mesmo desses contatos,se puder me enviar por email ficaria grata pela atenção.
        lauraszrodolfo@gmail.com
        muito obriado pela atenção Carmen Lucia.Att Laura

      5. Olá Carmen bom dia gostaria de saber o contato dessa pessoa pois sofro muito com neuralgia do trigemio por favor me mande o contato por emails ou zap milton_sc_@hotmail.com ou zap 19993446980 ficarei muito grato

      6. Oi Carmem me passe o contato do médico nipônico q curou seu Marido. Pois estou precisando urgente pra minha esposa. Desde ja agradeço por sua atenção. Obrigado.

      7. Prezada Carmem,

        Gostaria de ter o telefone ou endereço do Tecnico
        em acupuntura que ja curou seus amigos, pois o meu marido
        esta com NEURALGIA DO TRIGEMEO e ja fez acupuntura e nao obteve nenhum resultado. POR FAVOR ME ENVIE O CONTATO, ficarei muito grata
        trinda12000@gmail.com
        Meu nome é MARIA DO CARMO

      8. Oi Carmen
        Boa tarde, meu pai sofre ha 24 com essa dor, moro no interior de Sp. Você pode passar o telefone ou e-mail do médico . Deus abençoe.

      9. Carmem meu pai já fez as cirurgias e não resolveu . Gostaria de saber o endereço desse rapaz que faz acupuntura. Até agora pelo que li foi o que mais deu resultados. Poderia enviar no meu e-mail vania6142@hotmail.com

  9. Maria Helena

    Tenho essa doença há 4 anos já tomei varios remedios e até acabei arrancando varios dentes pensando ser problema odontológico, mas não resolveu e até hoje tenho crises de dor, principalmente agora que o tempo começa a esfriar aqui no Rio de Janeiro. Gostaria de um telefone de contato da fisioterapeuta que faz a acupuntura e eletroacupuntura para um contato de uma consulta. Moro no Rio de Janeiro na Vila da Penha. aguardo resposta. Obrigado

    1. Carlos Braga

      Conheço um fisioterapêuta muito competente.Ele trabalha no Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes. Estou sem o telefone dele mas,chegando no Terreirão, vá a uma loja de estética (existem várias no Terreirão)e procure pelo fisioterapêuta Ezio. É possível que você o encontre transitando pelo local, sempre vestido de branco e pilotando uma motocicleta.Boa sorte!!!
      Carlos Braga.

  10. Estou em crise dessa dor insuportável …..gostaria de uma indicação de um profissional de acupuntura aqui no rio de janeiro.
    Obrigado
    Luciane Mello

  11. Tenho esse problema a 9 longos anos…mas graças a DEUS com um tratamento no hosp da UFRJ a base de carbamazepina tive uma melhora significativa .

  12. Infelizmente tenho essa doença, já fiz três cirurgias do balão, mas não parou, hoje continuo tomando remédios para tentar controla-a. Moro em Manaus, gostaria de um contato
    aqui.

    agradeço sua resposta.

  13. joao alberto fontes

    boa noite,tenho uma filha com escrelose mutriplica e teve duas descargas proximo este nervo trigemeo ,gostaria de saber qual o medico ou o hospital de sao paulo ou outros estado quer cuida deste problemas none e enderecos com telefones.agradeco muito p esta atençao grato joao alberto fontes fortaleza ceara . 85.89.38.38.68 oi ou tim 85.99.45.72.44

    1. Cristine Cota

      Desculpe a demora em responder seu comentário. Eu não havia tomado conhecimento dos comentários. Meu consultório é no RJ e o meu email para contato é cristine.cota@gmail.com.
      Fique a vontade para tirar todas as dúvidas.

    2. João Alberto tente um tratamento alternativo com veneno de abelha. Tenho pesquisado a respeito e creio que está havendo bons resultados.

  14. ozeas barrozo de freitas

    Bom Dia,
    Minha esposa vinha sentindo pequenas sensação de dores ao qual aumentou , apois um tratamento de canal, sem entender extraiu o dente, a dor aumentou e não sabemos o que esta acontecendo, pois parece que não foi o dente. são fortes dores com sensação de choques, preciso de uma consulta para saber de fato o que realmente é.Freitas tel.(21)2412-7511

    1. Cristine Cota

      Desculpe a demora em responder seu comentário. Eu não havia tomado conhecimento dos comentários. Meu consultório é no RJ e o meu email para contato é cristine.cota@gmail.com.
      Fique a vontade para tirar todas as dúvidas.

  15. Tenho nevralgia do trigêmio há 4 anos, em junho passado fiz operação de descompressão do nervo,(corta a cabeça, põe placa de titânio e é uma operação cara, sete meses depois, voltou todas as dore5, choques tudo, os mesmos remedios que me deixam tonta e com a dor adormecida, sem puder sair de casa, escovar dentes, et……….para que serviu a operação?Estou há um mes fazendo acunputura, dizem que esse japonês ´e muito bom, espero que sim.Leonira Pessoa-Rio

    1. Cristine Cota

      Desculpe a demora em responder seu comentário. Eu não havia tomado conhecimento dos comentários. Meu consultório é no RJ e o meu email para contato é cristine.cota@gmail.com.
      Fique a vontade para tirar todas as dúvidas.

    1. Cristine Cota

      Desculpe a demora em responder seu comentário. Eu não havia tomado conhecimento dos comentários. Meu consultório é no RJ e o meu email para contato é cristine.cota@gmail.com.
      Fique a vontade para tirar todas as dúvidas.

  16. Claudio Garcia

    Sou Claudio Garcia Apiterapeuta Holistico(tratamento com as abelhas) e Terapeuta Koryo( Acupuntura nas mãos) os dois metodos são eficientes neste caso de NT atendo em São Paulo Capital Rua Cerro Cora 2367 bairro da Lapa, mas fique a vontade em passar e-mail ou fone 11-30219140 para tirar duvidas ou agendar avaliação

  17. Maria Helena

    Tenho nevralgia do trigêmeo e já fiz o tratamento por balão e fiquei mais de 2 anos de paz e sem dor. Agora voltou. Estou desesperada porque o trileptal ma da tontura, desequilíbrio e dores que não passam. Dizem que em Belo Horizonte no hospital Felicio Rocho tem um excelente médico especialista que faz procedimentos cirúrgicos com grande secessões. Alguém pode me ajudar?

  18. Estou desesperada com meu pai também ele foi diagnosticado com nevralgia do trigemio não aguenta ver ele assim mais…. a vida dele mudou muito pra pior só Deus p ter do.

    1. Cristine Cota

      Desculpe a demora em responder seu comentário. Eu não havia tomado conhecimento dos comentários. Meu consultório é no RJ e o meu email para contato é cristine.cota@gmail.com.
      Fique a vontade para tirar todas as dúvidas.

  19. Doriedson Guimarães

    Pessoal irei relatar o que está acontecendo comigo, pois estou com fortes dores no lado esquerdo do rosto tipo olho as vezes na nuca parecendo que está enfiando uma faca nesses lugares devido a ainda não diagnosticado mais tudo indica que é a “Neuralgial do Trigêmeos”, pois já lê vários relatos e está sendo da mesma forma que eu sinto. Estou a procura de um médico na especialidade de Neurologia para ter esse diagnostico com precisão. Agora vou falar a vocês o interessante disso tudo e que me deixa abismado, quando essa dor surgi como pontadas em alguns dentes inferiores do lado esquerdo e as vezes nos dentes superiores do lados esquerdo também basta eu colocar água na boca e deixar por 10 segundos que a dor desaparece mais depois de 3, 5 ou até 7 minutos ela vem voltando com as pontadas e se eu deixar a dor vai pra cabeça como falei parecendo que está enfiando uma faca no meu olho ou nuca. Estou passando o dia inteiro quando começa essa dor com água na boca jogo fora quando vem a dor coloco aguá novamente e depois jogo fora. “Coloco ÁGUA NATURAL” Okey… Quero só ajudar que está sentindo a mesma dor que eu pra vê se só passa comigo ou com outras pessoas… Abraço e espero ter ajudado.

    1. Cada caso é um caso, o meu particularmente tenho dificuldades até mesmo para escovar os dentes. Tomo qualquer liquido com maior cuidado do mundo… Começou do lado direito há 3 anos e agora tenho nos dois, infelizmente.

  20. João Batista

    Segundo tenho pesquisado e as dores que as vezes sinto, embora não seja frequente, gostaria de perguntar se em minha região há um bom profissional em acupuntura, pois gostaria de fazer uma consulta. Minha dor é mais rara segundo tenho estudado e se dá no olho esquerdo.
    Moro em Bauru, estado de SP. Fui em um oftalmologista e em um neurologista e ambos não conseguiram diagnosticar a NT, muito embora afirmei ao neuro que era isto e ele não concordou. Fiz um check-up e nada foi acusado.Tenho ingerido Vitamina B12 5000 mcg e antiinflamatorio quando começam os choques e isso tem distanciado os ataques.
    Obrigado.

  21. francisco calixto

    Boa noite gente!

    Solicito através deste espaço as pessoas acometidas ou médicos, quais são as formas de tratamento mais indicado para esse sintoma q se diz a MAIOR DOR Q UM SER HUMANO POSSA SENTIR q é NT. Qualquer movimento entre a pálpebra inferior e o lábio superior do lado esquerdo, aparece uma onde de choques elétricos e pontadas insuportáveis. Sou de Fortaleza-ce e gostaria de saber se existe aqui CLÍNICA q faz esses tratamentos e se possível indicar-me o endereço com o telefone.

    sem mais, agradeço.

  22. 19/11/2016,Gostaría de saber sobre tratamento do trigemeios,poís sofro a mais de 12 anos deste mal.Em Jundíai, será que tem algun especialista neste assunto?

  23. ELIZABETH OLIVEIRA BICUDO

    OLA GOSTARIA SABER SE EM CURITIBA A PESSOAS QUE FAZEM ACUPUNTURA EA CARBOXITERAPIA PARA NERVO TRIGEMIOS

  24. sofro desta doenca a 10 anos queria o endereco ou o tel aqui no rj onde possa me tratar eu nao aguento mAIS SOFRE

  25. Anderson Jesus

    A 3 anos venho sofrendo com essas dores, moro em Sao vicente Sp, ja passei por varios medicos, quase toda semana estava indo em hospitais, para ser medicado, sem sucesso. Fico o dia todo com dor, estou procurando ajuda, fui demitido do meu emprego ano passado, e agora desempregado e nao consigo arrumar emprego, a maior parte do tempo so fico deotado. É muito ruim, mas acredito que Deus vai me curar ja que a medicina nao ajuda.

  26. Arlindo Álvares

    Anderson tenho esse problema na região da boca lado esquerdo como gengivas e nariz, tomo Carbamazepina de 300mg que diminui muito as dores, mas, concelho, não fique deitado, bote o corpo pra mexer mesmo com dor, tente caminhar, pulo chinelo, inclusive apoio sobre o solo (marinheiro), isso me ajuda muito, comesse aos poucos, principalmente o (marinheiro) parece q quando forço a cabeça fazendo esse movimento a dor chega até a desaparecer. Não se entregue. Deus vai nos curar mas quer nosso esforço.
    Para evitar infecção e algumas doenças, o que me deixaria prostrado e entregue às dores, tomo todos os dias, em jejum e a noite, uma mistura de gengibre, limão com casca e couve, bato tudo no liquidificador coo e tomo. Me ajuda a passar o dia disposto.
    Espero ter ajudado. Abraço

  27. Anderson Jesus

    Arlindo Álvares, muito obrigado pelas dicas, tomei conhecimento do seu comentário hoje. E eu vou seguir as suas dicas, e também comecei a tomar carbamazepina 200 mg 2 vezes ao dia não ouve muito resultado, só um pequeno alivio, mas as dores estão voltando, mas creio que Deus vai agir em nosso favor, de todos que aqui sofrem com essa doença terrível, estou orando por cada um de vocês. E mais uma vez obrigado pelas dicas.

  28. Boa tarde, tenho 18 e aos 15 senti os terríveis choques no lado direito do rosto, especificamente no céu da boca. Desde esse período de 2014 para 2017 não senti nada, até março deste ano que venho sintindo leves ( e médias) dores no rosto desde então. Estou quase em depressão porque estudo e trabalho o dia todo e nenhum remédio está adiantando, estou aguardando a consulta com o neuro pelo SUS, alguém já teve situação parecida? Estou desesperada, triste pois ninguém acredita que posso sofrer disto tão jovem!

  29. Anderson Jesus

    oi Lili, eu já sofro com essas dores a uns 4 anos, procurei tantos médicos e nada, agora estou passando no neurologista, fiz vários exames e não acusou nada mas fui diagnosticado com neuralgia do trigêmeo, olha se você já tem encaminhamento para o neuro procure a secretaria de saúde da sua cidade, eu fiz isso, disse para eles que iriam marcar minha consulta quando eu estivesse morto e outras coisas. Ai marcaram minha consulta para uma semana depois. quanto a dor, evite alimentos duros, tente mastigar do lado que não doí, evite friagem ainda mais neste tempo de frio. ok.
    Qualquer coisa ,,eu e-mail e esse andersonsoudejesus@hotmail.com.

    1. Oi Anderson, de tanto descaso dos médicos públicos resolvi pagar um particular, fiz tomografia e nada. Mas eu tenho sim a neuralgia do trigêmeo dos dois lados agora, temo ser esclerose múltipla por outros sintomas que venho sentindo. Quanto ao frio ou calor, não tem efeito nenhum em mim, graças a Deus… As dores são totalmente involuntárias, só sinto uma dorzinha quando escovo os dentes. Meu neuro aconselhou-me esquecê-la e levar uma vida saudável pois nada vai me ajudar, vou gastar milhões e meu problema não será resolvido, sim, fiquei muito triste com isso. Pois dor é uma coisa que não conseguimos ignorar, ainda mais uma como essa! Estou tomando antidepressivos e PACO. Tomo quando sinto que as dores virão, apesar que os choques não os sinto mais, apenas uma dor MUITO horrível. Mas tenho medo de tomar esses remédios, há vários casos de câncer de estômago surgindo e não quero mais doenças! As vezes me pergunto o que fiz de tão ruim para ter doenças, dores assim… Queria que ninguém as tivesse, REALMENTE queria! :( mas Deus sabe o que faz. A dor é inevitável mas sofrer por ela é opcional, fiquem com essa frase do meu neuro. Abraços e saúde para todos nós!

  30. Sueli Bertelli Bozxolo

    Dra. Meu nome é Sueli, sofro com neuralgia do trigemeo à um ano, li os relatos de pacientes que foram bem sucedidos com seus procedimento, eu gostaria de passar por uma avaliação, porem estou em São Paulo.
    Gostaria de saber se a senhora poderia me indicar algum local aqui para que eu possa fazer uma consulta.
    Por favor me responda.

  31. Olá, tenho essa dor 18 anos, gostaria do telefone/ contato do médico japonês que faz acumputura. Muito grata! Rose

    1. Oi por favor me passe o endereço desse técnico em São Paulo .minha mãe sofre com essa doença ,ela e hipertensa ,alguns dias atrás ela teve um princípio de infarte devido as dores.precisamos urgente . obrigada

  32. Oi Carmen
    Boa tarde, meu pai sofre ha 24 com essa dor, moro no interior de Sp. Você pode passar o telefone ou e-mail do médico . Deus abençoe.

  33. Jean Luiz Trevisan

    Minha esposa sofre com essa dor a 4 anos. Passou em vários neurologistas e nenhum resolveu. Toma vários remédios controlados 3 vezes por dia. Quando entra em crise nada adianta, a não ser ficar deitada, imóvel e em lugar que não tenha temperatura baixa. Ar condicionado nem pensar. Gostaria de obter o endereço de um experiente acupunturista aqui no Rio de Janeiro. Devido a grande quantidade de remédios está com altas taxas de transaminase, prejudicando o fígado. Ela é evangélica praticante, segue à risca todos os preceitos da igreja presbiteriana, mas ainda não obteve uma resposta favorável, infelizmente. Mesmo assim, acreditamos em Deus e sabemos que ele não quer sofrimento para seus filhos, esperamos ansiosamente um livramento para ela.

  34. Boa Tarde. Gostaria do contato do acupunturista em São Paulo que a Carmen citou. Minha mãe sofre desse problema a anos, e os remédios não estão mais fazendo efeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.