A União Européia (UE)

Continua...

ce

Prezada(o) leitora(or), antes de começarmos nossa viagem literária vamos apresentar para vocês a União Européia.
A União Européia (UE) é uma união aduaneira e econômica, que encaminha-se lentamente para uma união política, ou seja, um dia cada país será como um estado e toda a UE um dia funcionará como um grande país. Formada atualmente por 27 estados membros (países), dos quais os pioneiros: Antiga Alemanha Ocidental, França, Itália, Bélgica e Países Baixos, são tidos como fundadores da antiga Comunidade Européia; que evoluiu para atual UE, estes mesmos são tidos também como fundadores da atual UE; esta é composta hoje por: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos (Holanda), Polônia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Romênia e Suécia.
Incluindo todos os estados membros a UE possui 501, 259, 840 habitantes, o equivalente a aproximadamente 7% da população mundial, apesar da Europa ocupar aproximadamente só 3% do território mundial. Aliados, o pequeno território, a grande variedade e a mobilidade fazem da UE uma área atrativa e polar, não só economicamente como culturalmente.
A UE tem 23 idiomas como oficiais, sendo os mais falados: alemão (18%), Inglês (13%), Italiano (13%) francês (12%), Espanhol (9%). Estando o nosso Português nos últimos lugares da lista com apenas 2% representado apenas por Portugal (aproximadamente 10,000,000 habitantes). Sabem o que isto quer dizer? Que sair do Brasil para a Europa, seja para viver, ou só para estudar, falando apenas Português, é reduzir a possibilidade à Portugal. Por isso amigos dominar uma segunda língua é essencial para o sucesso, seja profissional ou acadêmico dentro da UE, e indiretamente no Brasil.
Um ponto interessante é a moeda única. Uma vez que dos 27 estados membros,16 aderiram ao Euro, nome dado a moeda única, o trânsito entre os países membros ficou fácil e prático. E apesar da crise, o Euro ainda é uma das moedas de trocas mais fortes do mundo.
Agora paremos para pensar um pouco querida(o) leitora(or). Porque a Europa? Porque não Estados Unidos, Canadá, Austrália, Japão ou outro país qualquer? O segredo chama-se mobilidade. Pensem na vasta extensão territorial destes países. Apesar de destinos interessantíssimos; Austrália, Japão, Nova Zelândia e etc.. são delimitados pelo mar, e exceto as zonas de fronteiras entre Estados Unidos e Canadá, o “intercambio fácil” não é possível.
Na Europa é possível morar num país, trabalhar noutro, e ao fim do dia ir às compras num terceiro. Posso morar na Alemanha, fazer um curso de RPG na Bélgica e trabalhar em Luxemburgo sem problemas. Ou nas férias por exemplo, deixarmos de carro a Alemanha na Sexta-Feira pela manhã, e no Sábado pela manhã desfazemos as malas já em Portugal, cruzando neste tempo parte da Alemanha, toda a França, norte da Espanha e Portugal. O máximo não?
Mobilidade, flexibilidade, diversas raças, idiomas e culturas são apenas poucas dentre muitas vantagens da UE. Fora as vantagens acadêmicas e profissionais; como a criação e implementação do Processo de Bolonha. Um acordo entre os países membros, onde qualquer curso de graduação ou pós graduação, feito em qualquer país membro, é automaticamente reconhecido por todos os outros países membros. Isto dá-nos uma possibilidade ímpar de enriquecer o currículo, seja acadêmico, seja profissional, pois uma vez tendo um certificado “europeu” nas mãos, é possível saltar de país para país, para estudar ou trabalhar.
O convite está feito e a UE está esperando para ser descoberta. A partir da próxima edição iremos aprofundar nossos conhecimentos apresentando os principais países membros, que para nós: Brasileiros e Fisioterapeutas, podem vir a
serem destinos de uma possível viagem; acadêmica, profissional ou cultural. Não percam!

Dr. André Luiz de Mendonça
É Fisioterapeuta e correspondente da Revista NovaFisio na Alemanha.
Reside atualmente na cidade  de Mainz
Contato: andremendonca@hotmail.de

andre

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

1 comentário em “A União Européia (UE)”

  1. Jaime Garcia Dias

    Caro André. Cansei de vasculhar mais dados sobre esse assunto e você tirou tudo de letra. Esta coluna parece uma fonte inesgotável de informação. Continue assim!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.