A importância do fisioterapeuta na recuperação de pacientes com Convid-19

Fisioterapeuta, chegou o Fisio.app | Aplicativo para fisioterapeutas. Baixe agora mesmo em www.fisio.app,

Pouco ou nada se fala do papel do fisioterapeuta na recuperação de pacientes acometidos com o Covid-19, profissional que atua junto as internações, unidades de terapia intensiva ou na recuperação do paciente pós-internação, tem contribuído muito para minimizar os prejuízos causados pela doença. No campo das internações, o primeiro cuidado do fisioterapeuta é com a administração de oxigênio, seguindo pela assistência na intubação, ventilação mecânica e mudança de decúbito, além de procedimentos para remoção de secreção brônquica e melhora da função respiratória. Nas unidades de terapia intensiva, suas intervenções também incluem o manejo respiratório, adequação da postura como ortostatismo, pronação e treinamentos ativos ou passivos, além de atividades de mobilização precoce que ocorre de acordo com a condição do paciente.

Já no atendimento pós-hospitalar, sua função envolve essencialmente ações de fisioterapia preventiva para evitar o agravamento dos sintomas, com indicação adequada da postura e de exercícios físicos leves para fortalecer a musculatura, diminuindo assim a perda de massa muscular. A literatura científica ainda não dispõe de estudos conclusivos sobre a extensão das sequelas do Covid-19, o que fortalece a importância da manutenção do acompanhamento do fisioterapeuta após alta hospitalar, principalmente na primeira semana, pois a prática já demostrou que grande parte dos recuperados continuam necessitando de fisioterapia. E no cenário de pandemia, em alguns casos este acompanhamento pode ser feito de forma remota, pois desde março deste ano sua autorização foi dada após uma resolução do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. Nesta modalidade as instruções dos exercícios físicos e respiratórios são passados e monitorados através de videoconferência com o fisioterapeuta. A pandemia tem nos dado a chance de desenvolver novas estratégias e uma nova forma de caminhar.

Sobre a autora Alana Farias é professora, doutoranda em neurociências e fundadora do Neuro-In, um grupo de consultoria e pesquisa, especializado em ciências cognitivas e comportamento humano. Para conhecer mais do seu trabalho siga-a no Instagram em @neuro.in e no site: http://neuroin.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.